Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 7 de novembro de 2017

    Juízes substitutos assumem comarcas do interior nesta terça-feira

    © Divulgação
    A partir desta terça-feira (7), os 18 juízes substitutos do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul passam a responder plenamente por comarcas do interior do Estado. Empossados no dia 19 de julho, os novos magistrados começam os trabalhos após a conclusão do Curso de Formação Inicial realizado pela Escola Judicial de MS (Ejud-MS), encerrado ontem (6).

    Confira abaixo as comarcas que recebem os magistrados a partir de hoje.

    Água Clara – Thielly Dias de Alencar Pithan e Silva

    Anaurilândia – Camila de Melo Mattioli Gusmão Serra Figueiredo

    Angélica – Diogo da Silva Castro

    Aquidauana (1ª Vara Cível) – Juliano Luiz Pereira

    Bataguassu – Diogo de Freitas

    Deodápolis – Bruno Palhano Gonçalves

    Dois Irmãos do Buriti – Mario Cesar Mansano

    Fátima do Sul – Aldrin de Oliveira Russi

    Glória de Dourados – Alan Robson de Souza Gonçalves

    Iguatemi – Milton Zanutto Junior

    Inocência – Vinicius Aguiar Milani

    Itaquiraí – Edimilson Barbosa Ávila

    Ivinhema – Daniel Raymundo da Matta

    Jardim – Daniel Foletto Geller

    Nioaque – Marcelo da Silva Cassavara

    Rio Negro – Bruna Tafarelo

    Sete Quedas – Carolinne Vahia Concy

    Sonora – Larissa Luiz Ribeiro

    Curso de Formação 

    Os magistrados aprovados no 31º Concurso para o cargo de Juiz Substituto participaram do Curso de Formação Inicial formatado segundo as diretrizes da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam). O curso foi dividido em dois Módulos: Nacional e Local.

    O Módulo Nacional, executado pela Enfam de 24 a 28 de julho, nas dependências do TJMS, com carga horária de 40 horas/aula, começou a formação inicial.

    O Módulo Local, sob a coordenação-geral do Des. Júlio Roberto Siqueira Cardoso, diretor-geral da Ejud-MS, com a duração de 480 horas-aula, foi subdividido em três módulos e realizado no período de 31 de julho a 6 de novembro de 2017.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS