Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 10 de novembro de 2017

    Inflação registrada em outubro é a maior do ano

    Preço da energia elétrica e do botijão de gás são os maiores vilões

    © DR
    Impulsionado pela alta do preço da energia, o mês de outubro registrou inflação de 0,42%, o maior índice do ano, segundo dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (10).

    Os preços da energia elétrica subiram 3,28% em outubro, pois o sistema está operando na faixa 2 da bandeira vermelha desde o início do mês e isto adiciona uma taxa de R$ 3,50 na conta a cada 100 kWh consumidos.

    Outro item que ajudou a alavancar a inflação também se encontra no segmento "habitação", é o botijão de gás, que teve alta de 4,49%.

    O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) fechou os meses anteriores em: janeiro (0,38%), fevereiro (0,33%), março (0,25%), abril (0,14%), maio (0,31%), junho (-0,23%), julho (0,24%), agosto (0,19%) e setembro (0,16%).

    O levantamento foi feito entre os dias 28 de setembro e 30 de outubro.

    Apesar da alta em outubro, a inflação em 2017 ainda é a menor desde 1998, sendo que de janeiro a outubro, a média do preços subiu 2,21%. Considerando os últimos 12 meses, a inflação ficou em 2,70%.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS