Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    domingo, 12 de novembro de 2017

    Enem 2017 passou pelo 'teste de fogo', avalia ministro da Educação

    Para Mendonça Filho, 'esta foi a mais tranquila aplicação do Enem nos últimos anos'

    © Agência Brasil / Antônio Cruz
    O ministro da Educação, Mendonça Filho, e a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, participaram de uma coletiva de imprensa neste domingo (12) sobre a edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na visão do ministro, a edição de 2017 passou pelo "teste de fogo" e foi a mais tranquila dos últimos anos.

    "Esta foi a mais tranquila aplicação do Enem nos últimos anos. Pouquissimas ocorrências que apresentaram necessidade de intervenção do MEC e dos colaboradores", afirmou Mendonça Filho. "E se mostrou viável a aplicação em dois domingos. O legado que fica do Enem 2017 é com relação à divisão em dois domingos", disse ele.

    O índice de candidatos que faltaram no segundo dia de prova, segundo a presidente do Inep, foi de 32%, o que corresponde a cerca de 2,15 milhões de inscritos faltantes. No primeiro dia de prova, realizado no domingo passado (5), foi registrada uma abstenção de 29,8%, pois cerca de 2 milhões de candidatos não compareceram.

    Um total de 853 candidatos foram eliminados do Enem nos dois dias de prova, sendo 273 no primeiro dia e 580 no segundo dia. A maioria foi eliminada por descumprimento de regras do edital (842), nove por terem sido identificadas irregularidades nos detectores de metais e dois por recusa do dado biométrico.

    Os gabaritos oficiais serão divulgados na próxima quinta-feira (16) no site e no aplicativo do Inep. O resultado será divulgado em 19 de janeiro de 2018.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS