Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    domingo, 5 de novembro de 2017

    Em novo formato, Enem começa neste domingo para 6,7 mi de candidatos

    Tempo de duração do exame também aumentou para 5 horas e meia, no primeiro domingo, e 4 horas e meia, no segundo

    © Rovena Rosa / Agência Brasil
    O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 começa neste domingo (5) para 6,7 milhões de participantes que enfrentarão pela primeira vez a mais recente mudança no formato do exame. Os portões abrem às 12h (horário de Brasília). 

    A mudança beneficia alunos sabatistas, de religiões que guardam o sábado, e todos os demais candidatos, que ganham mais tempo para revisar o conteúdo e descansar.

    No primeiro domingo, serão aplicadas as provas de ciências humanas, linguagens e redação, em 5 horas e meia de duração. No segundo, dia 12, as provas serão de matemática e ciências da natureza, em 4 horas e meia.

    O professor de redação João Lucas Dutra, do cursinho Vestibular Cidadão, orienta que os alunos não estudem com tanta intensidade entre os dois finais de semana.

    “A prova é muito conexa. Quem fez primeiro domingo, irá conhecer o estilo de prova e, durante essa semana, pode tirar informações até de um filme e pensar em como isso pode auxiliar na prova seguinte”, explica.

    No primeiro domingo, recomenda o professor, eles não devem iniciar a prova pelo texto: “No meio da prova, você pode encontrar um texto que possa usar na redação. O Enem pede sempre um texto dissertativo argumentativo, e ao deixar para fazer a redação no fim, o aluno busca informações que podem ser usadas de maneira intertextual, o que conta muito na hora da correção”.

    “Colocar um pensamento de história, sociologia, até de química e física, é positivo para o corretor porque ele vê que o aluno tem um pensamento crítico, além da receita de bolo”, afirma Dutra. Ele ressalta ainda a importância de se produzir um rascunho, antes do texto final, para correção de erros, e que os alunos destinem no mínimo uma hora para a escrita.

    Consulta aberta

    O novo formato de provas foi escolhido pela população em consulta aberta realizada pelo Ministério da Educação (MEC) em janeiro e fevereiro: 42% votaram por provas em dois domingos seguidos; 34% por domingo e segunda-feira e 23% pela manutenção das provas em apenas um fim de semana.

    Antes, os sabatistas entravam no local de prova junto com os outros estudantes, mas aguardavam até às 19h para começar a responder à prova. Em 2016, foram 76 mil inscritos com essa especificidade. 

    Fonte: NAOM - Com informações do Portal Brasil.


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS