Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    15/11/2017

    É campeão: Corinthians vence o Flu e 'proclama a República do Timão’

    Com gols de Jô e Jadson, o time do treinador Fábio Carille derrotou a equipe de Abel Braga na Arena Corinthians e conquistou o título do Campeonato Brasileiro 2017

    © DR
    O Corinthians conquistou na noite desta quarta, feira, dia 15 de novembro, feriado da Proclamação da República do Brasil, o título do Campeonato Brasileiro de 2017. O heptacampeonato nacional veio através de um triunfo sobre o Fluminense, de virada, na Arena Corinthians. Com a vitória, o Timão chegou aos 71 pontos na tabela, e não pode mais ser alcançado por nenhum outro clube, mesmo ainda faltando três rodadas para o fim da competição.

    O JOGO

    A partida foi tensa, principalmente para os milhares de torcedores que lotaram o Itaquerão. O Fluminense abriu o placar com Henrique, ainda no primeiro tempo, prometendo estragar com a festa corintiana. Mas o técnico Fábio Carille parece ter resgatado a confiança do time no intervalo, tanto é que o empate veio no primeiro minuto da segunda etapa, com Jô, de cabeça. E a virada aconteceu um minuto depois, novamente com o camisa 7 do Timão e… de cabeça outra vez. E o título foi sacramentado aos 39 minutos do segundo tempo, com Jadson, que acertou um forte chute, cruzado, sem chances para o goleiro tricolor.


    NÚMEROS DO JOGO

    Corinthians x Fluminense

    47% - Posse de bola – 53%

    16 - Finalizações – 11

    8– Chances reais – 6

    4 – Escanteios a favor – 8

    12 – Faltas cometidas – 24

    25 – Passes errados – 17

    13 - Desarmes – 10

    © DR
    JÔ ARTILHEIRO

    Com os dois gols marcados nesta quarta-feira, o atacante chegou a 18 gols e se isolou na artilharia. Ele tem um a mais do que Henrique Dourado, do Fluminense. O Timão jamais fez um artilheiro do Campeonato Brasileiro. Veja abaixo a lista dos jogadores que mais fizeram gol pelo Timão na história da competição:

    - Luizão: 21 (1999)
    - Tevez: 20 (2005)
    - Jô: 18 (2017)
    - Marcelinho Carioca: 18 (1998)
    - Sócrates: 15 (1983)
    - Edmar: 15 (1986)
    - Bruno César: 14 (2010)
    - Vagner Love: 14 (2015)

    © DR

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS