Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 10 de novembro de 2017

    Dois bandidos brasileiros são presos com arsenal na fronteira com MS

    Paulista e campo-grandense foram presos em Pedro Juan Caballero na manhã de hoje por grupo de elite da Polícia Nacional

    Armas encontradas com paulista e campo-grandense, hoje em Pedro Juan Caballero (Foto: Direto das Ruas)
    Dois brasileiros, suspeitos de serem “soldados” de facções criminosas, foram presos na manhã de hoje (10) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande. Eles foram descobertos por um grupo de elite da Polícia Nacional em uma casa de dois andares na Rua Guabirami com Padre Hugo Irala. No local foram encontradas várias armas automáticas.

    Foram presos o campo-grandense Kevin Alexandre de Oliveira Shimabukuro, 19, e o paulista Marcelo Ferrucci dos Santos, 41, natural de Campinas (SP), procurado no Brasil por tráfico de drogas.

    A prisão foi feita por agentes da Unidade Especial de Inteligência Antinarcóticos e da Fope (Forças de Operações Policiais Especiais), vindos de Assunção para a operação, acompanhada pela promotora Alicia Sapriza, que também se deslocou da capital paraguaia.

    Foram apreendidos na casa dois fuzis M4, um fuzil AK47, uma escopeta, quatro pistolas de fabricação turca, uma pistola da fabricante brasileira Taurus, uma pistola Glock, de fabricação austríaca e vários carregadores de munição. A dupla também estava com duas bolsas com 52 pacotes de maconha.

    Os policiais paraguaios suspeitam que os brasileiros sejam ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital), facção brasileira que trava uma guerra com outros grupos criminosos pelo controle do narcotráfico na fronteira.

    Fonte: campograndenews
    Por: Helio de Freitas, de Dourados


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS