Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    23/11/2017

    COSTA RICA| Vereadores solicitam investimentos que vão desde a construção de pontes até obras de pavimentação

    Sete indicações foram apresentadas pelos vereadores costarriquenses, na sessão de segunda-feira (20/11)
    A cada sessão legislativa da Câmara Municipal de Costa Rica, os 11 vereadores da cidade discutem e debatem assuntos que visam beneficiar a população. E não foi diferente na segunda-feira (20/11), durante a 39ª sessão legislativa ordinária de 2017, quando os parlamentares costarriquenses, por meio de indicações, sugeriram investimentos para o município nas áreas de infraestrutura, educação, paisagismo, trânsito, segurança pública, saneamento básico, habitação, entre muitas outras.

    Na indicação n° 192/2017, o vereador Waldomiro Bocalan, o Biri (PDT), pediu que o Executivo Municipal realize a decoração natalina nas praças públicas da cidade, na avenida J, na avenida vereador Kendi Nakai, no Mercado do Produtor (feira livre) e, em especial na região da Figueira, no bairro Vila Nunes.

    Biri também é o autor da indicação n° 193/2017, na qual o edil cobrou a instalação de placas de sinalização de velocidade e placas indicativas de curva perigosa na rua Getulia Vitória da Silva, que dá acesso à rua Tércio Teixeira Machado e à rua Antônio Bocalan, no Centro. Além das placas de sinalização, o vereador também solicitou a construção de um quebra-molas na rua Getulia Vitoria da Silva, pois segundo ele a via deixou de ter mão única e foi transformada em mão dupla, recentemente.

    “Faz se necessário também analisar a implantação de um redutor de velocidade (quebra- molas). Por ser uma rua muito curta e ter uma curva bem acentuada ao longo do seu trajeto, os motoristas de veículos e motos estão transitando em alta velocidade, colocando em risco de acidente as pessoas que trafegam no local todos os dias. Depois da instalação de mão dupla na rua já houve quatro acidentes graves. Em um dos acidentes, um caminhão invadiu a pista contrária e colidiu com uma moto, um caso muito grave”, conforme justifica Biri em um trecho da indicação.

    Em conjunto, os 11 vereadores de Costa Rica assinaram três indicações. Em duas delas – 197/2017 e 198/2017 -, os edis solicitaram que os senadores e deputados federais de Mato Grosso do Sul apresentem emendas ao orçamento da União para o exercício de 2018, assegurando recursos para o município de Costa Rica, garantindo verbas para ampliação da rede de esgoto sanitário da cidade; aquisição de um veículo para atender o Conselho Tutelar; aquisição de ônibus escolar; construção dos prédios próprios do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS); ampliação e melhoria da infraestrutura do aeroporto municipal José Antônio Moraes; e implantação de sistema de acessibilidade com guias e rampas de acesso ao longo da avenida José Ferreira da Costa.

    Já a indicação n° 194/2017 foi encaminhada para todos os deputados estaduais, e nela os vereadores costarriquenses pediram que os parlamentares da Assembleia Legislativa apresentem emendas ao orçamento do estado para o exercício de 2018, assegurando recursos para Costa Rica, garantindo fundos para: reforma geral do prédio da Escola Estadual Santos Dumont; reforma geral do prédio da Escola Estadual José Ferreira da Costa; construção de uma quadra poliesportiva coberta para atender as necessidades da APAE; implementação de projetos habitacionais; aquisição de viaturas para a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Polícia Militar Ambiental do município; aquisição de uma ambulância para o Corpo de Bombeiros em Costa Rica; pavimentação asfáltica da rodovia MS–135, de Costa Rica, sentido Alcinópolis, até o entroncamento da BR–359 (estreito), numa extensão de aproximadamente 20 quilômetros; pavimentação asfáltica da rodovia MS-316, de Costa Rica a Paraíso das Águas, num trecho de 62 quilômetros; pavimentação asfáltica da rodovia MS-223, denominada de Sebastião Paes Ananias, o trecho entre os municípios de Costa Rica e Figueirão, extensão de 67 quilômetros; construção da ponte de concreto sobre o córrego Imbirussú, na rodovia MS–223, numa extensão de 12 metros; construção da ponte de concreto sobre o córrego Cascavel na rodovia MS–223, extensão de 18 metros; aquisição de maquinários pesados, como trator de esteira, pá carregadeira e motoniveladora (patrola) para a Secretaria Municipal de Obras Públicas; e aquisição de patrulha mecanizada para atender os pequenos produtores rurais do município.

    O vereador Ronivaldo Garcia Cota (PSDB) defendeu a indicação n° 195/2017, durante a sessão de segunda-feira, onde ele recomendou a redução da circunferência da rotatória que fica no cruzamento da rua Iza Carvalho de Souza com a rua Ambrosina Paes Coelho, na divisa entre os bairros Centro e Vila Santana.

    “O espaço para quem desce pela rua Ambrosina Paes Coelho é reduzido, inclusive sendo motivo de carretas e caminhões de carga que por ali transitam passarem na contramão pela rua Ambrosina Paes Coelho quando descem pela via, por não conseguirem fazer a conversão obrigatória por falta de espaço no local, aumentando assim os riscos de acidentes. Esses são os motivos pelos quais requeremos com a maior brevidade possível a execução dos serviços solicitados”, pede o vereador tucano, na indicação que foi encaminhada para o Executivo costa-riquense.

    E o vereador Antonio Divino Félix Rodrigues, o Tonin Félix (PSB), apresentou a indicação n° 196/2017, solicitando ao Governo Municipal a construção de um quebra-molas na rua Ambrosina Paes Coelho, na altura do n° 2.590, no bairro Vila Santana, perto do Centro de Eventos Ramez Tebet.

    Para ter acesso à pauta completa de projetos e indicações discutidas e votadas na sessão legislativa da última segunda-feira, basta entrar neste link.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS