Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    01/11/2017

    COSTA RICA| Câmara volta a receber denúncias contra a Viação São Luiz e vereadores querem providências

    Representante da Viação São Luiz, Rui Alves, visitou a Câmara e se reuniu com oito vereadores. Na foto, ele aparece prestando informações para o vereador Juvenal da Farmácia © ASSEIM/CMCR
    Os vereadores de Costa Rica-MS continuam recebendo denúncias de cidadãos que viajam nos ônibus da Viação São Luiz, que reclamam da má-conservação e constantes falhas mecânicas apresentadas pelos veículos da empresa, além do atraso no embarque e desembarque dos passageiros.

    Em razão das denúncias recebidas, os 11 vereadores de Costa Rica assinaram mais uma indicação, endereçada à direção da Viação São Luiz, onde os parlamentares municipais voltaram a cobrar providências e melhorias na qualidade do serviço prestado pela empresa. A indicação foi apresentada e debatida durante a sessão legislativa de segunda-feira (30/10).

    “Nós vereadores estamos tomando as providências necessárias que estão ao nosso alcance”, afirmou o vice-presidente da Câmara, vereador José Augusto Maia Vasconcellos, o Dr. Maia (DEM), ao comentar o motivo da apresentação da indicação.

    O vereador Averaldo Barbosa da Costa (PMDB) disse que já recebeu denúncias apontando graves problemas mecânicos presentes nos veículos da empresa, o que coloca em risco a vida dos passageiros. “Segundo informações que eu tenho, existe ônibus com problema no freio, direção é um caos, pneus também está uma aberração. É uma preocupação de todos os vereadores e do poder público também. Não é porque a empresa passa por um momento financeiro difícil que nós vamos deixar que aconteça o pior”, ressaltou ele.

    Em outra indicação assinada por todos os 11 vereadores de Costa Rica e enviada para a Viação São Luiz no mês de março, os parlamentares do município já haviam denunciado praticamente os mesmos problemas de agora, como a má-conservação de alguns ônibus, o atraso no embarque e desembarque e as frequentes falhas mecânicas apresentadas pelos veículos da empresa, o que faz com que os ônibus “quebrem” durante as viagens.

    Em resposta à primeira indicação, nos mês de julho, quatro diretores da Viação São Luiz visitaram a Câmara de Vereadores para responderem pessoalmente às reivindicações dos parlamentares costarriquenses, e prometeram melhorias. Na ocasião, a empresa alegou que enfrenta dificuldades financeiras por conta da crise econômica nacional, e argumentou que vem sofrendo prejuízos por conta da concorrência com empresas clandestinas que transportam passageiros sem autorização dos órgãos legais.

    “Vieram aqui, prestaram conta do que estava acontecendo, reclamaram da crise que está passando o país. A gente entende isso, mas nós não podemos colocar em risco a vida das pessoas, porque os ônibus estão quebrando muito e pode acontecer um desastre muito grande”, enfatizou o vereador Jovenaldo Francisco dos Santos, o Juvenal da Farmácia (PSB).

    Ao tomar conhecimento do debate em torno do assunto promovido pelos vereadores na sessão da última segunda-feira, a empresa enviou novamente um representante até a Câmara: o gerente do setor Cassilândia, Rui Alves. Ele visitou a sede do Poder Legislativo de Costa Rica nesta quarta-feira (01/11) e fez questão de conversar pessoalmente com os edis e responder às reinvindicações dos parlamentares costarriquenses.

    Rui reconheceu que muitos veículos da empresa realmente enfrentam problemas mecânicos, ocasionando as “quebras”, a maioria das vezes em plena rodovia. Como resposta às cobranças dos vereadores, Rui informou que a empresa já ampliou e melhorou o setor de manutenção preventiva dos ônibus.

    Em relação aos atrasos na linha que faz o trajeto Costa Rica a Campo Grande-MS, o gerente também informou que a Viação São Luiz disponibilizou mais um veículo para percorrer esse percurso, o que segundo ele vai eliminar a demora no embarque e desembarque.

    Além disso, Rui Alves adiantou que a empresa pretende renovar parte da frota, com a aquisição de ônibus novos, até o fim de 2017. “A São Luiz está trabalhando para isso e vai ter veículos novos. Já era para ter acontecido, mas devido a alguns problemas não foi possível realizar a compra ainda, mas acredito que o mais breve possível, até o final do ano, vai estar rodando novos ônibus por aqui. Só que não depende só da nossa vontade, mas estamos trabalhando pra isso”, anunciou o gerente.

    MAIS INDICAÇÕES

    Ainda na sessão legislativa de segunda-feira, o vereador Claudomiro Martins Rosa, o Cocó (PSD), apresentou a indicação n° 183/2017, dirigida ao deputado estadual Paulo Corrêa (PR). Na indicação, Cocó pede ao deputado a liberação de uma emenda parlamentar no valor de R$ 30 mil, para cobrir parte dos custos com a aquisição de um novo ônibus para a Saúde de Costa Rica.

    “Nossa indicação tem por objetivo atender reivindicação da Secretaria Municipal de Saúde, com a aquisição de mais um ônibus para o transporte de pacientes, possibilitando qualidade e agilidade, e suprindo a demanda atual, melhorando o atendimento de pacientes que são levados para serem tratados nos consultórios e nas clínicas especializadas na cidade de Campo Grande, num percurso longo de mais de 380 quilômetros de distância, bem com nos tratamentos de pacientes com câncer que são encaminhados diariamente para a capital do estado e para as cidade de Barretos e Jales no estado de São Paulo”, justificou o vereador Cocó.

    Já a vereadora Rosângela Marçal Paes (PSB) apresentou a indicação n° 181/2017, onde ela recomenda que o Governo Municipal faça a limpeza ou dessecação da vegetação que cresce nos meios-fios e calçadas das vias públicas do município.

    Fonte: ASSECOM
    por: Ademilson Lopes


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS