Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 6 de novembro de 2017

    Assembleia aguarda comunicado para iniciar escolha de novo conselheiro

    Deputado Flávio Kayatt deve ser o escolhido entre os parlamentares

    Deputados aguardam comunicado oficial, para iniciar escolha de novo conselheiro (Foto: Victor Chileno/ALMS)
    O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB), explicou que só aguarda a comunicação oficial do Tribunal de Contas, sobre a aposentadoria de Marisa Serrano, para abrir o processo de escolha do novo conselheiro, que poderá ser por consenso entre os parlamentares, ou no sistema de disputa de votos.

    Mochi disse que assim que ler a abertura da vaga, abre-se um prazo para que os interessados possam se candidatar ao cargo de conselheiro. Deve reunir a assinatura de oito deputados, para estar apto à disputa. Depois os documentos (assinaturas) seguem para CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) e posterior votação.

    O peemedebista reconheceu que até o momento, apenas o deputado Flávio Kayatt (PSDB), se colocou a disposição para vaga, inclusive fazendo a devida articulação junto aos colegas. "Por enquanto nenhuma pessoa se colocou como seu adversário", confirmou Mochi.

    O site Campo Grande News adiantou que a vaga de Marisa Serrano deve ficar com Flávio Kayatt, enquanto que a de José Ricardo Cabral, que também se aposentou hoje (06), ficará com o secretário estadual de Fazenda, Márcio Monteiro. Esta indicação será do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

    Nos bastidores ainda tem a informação que mais dois conselheiros devem se aposentar no Tribunal, inclusive já teriam conversado com o governador. A princípio os nomes seguem em sigilo, e esta saída pode ocorrer em meados do ano que vem.
    Flávio Kayatt já articula com os colegas, para ficar com a vaga (Foto: Victor Chileno/ALMS)

    Fonte: campograndenews
    por: Leonardo Rocha


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS