Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 8 de novembro de 2017

    Após repercussão, William Waack nega ter feito comentário racista

    Em conversa com pessoas próximas, apresentador disse não se lembrar de diálogo

    © Reprodução / TV Globo
    O apresentador William Waack ainda não se pronunciou oficialmente sobre um vídeo que viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira(8), em que o jornalista aparece fazendo um comentário considerado racista. No entanto, de acordo com o BuzzFeed News, ele teria falado a pessoas próximas que não se lembra exatamente do que disse no momento, mas que a fala não teve cunho discriminatório.

    De acordo com a reportagem, a gravação aparece há exatamente um ano, em 8 de novembro de 2016, durante a cobertura da vitória Donald Trump na eleição presidencial norte-americana.

    Waack está acompanhado de Paulo Sotero, diretor do Wilson Center — centro de estudos de geopolítica — em Washington. Na rua, um carro buzina, e o jornalista faz o seguinte comentário: "Tá buzinando por que, ô seu merda do cacete? Deve ser um aqueles… Não vou nem falar de quem, eu sei o que é… Sabe o que é, né?".

    Em seguida, ele se vira para Sotero e continua:

    Waack: "Preto, né?"

    Sotero: "Ahn?"

    Waack: "Preto, né? Sabe o que é isso? É coisa de preto…"

    Sotero: "Sim."

    Waack: "Com certeza."

    Em entrevista ao site, Sotero disse não se lembrar do diálogo. "Eu acho que o William não é assim. Eu, certamente, não sou assim — repudio racismo", disse ele.

    Até o momento, a Rede Globo não se pronunciou sobre o caso.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS