Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 4 de outubro de 2017

    TRÊS LAGOAS| Vacinação de cães e gatos continua no sábado em sete diferentes locais

    Passado o “Dia D”, a campanha de vacinação antirrábica continua no chamado Setor 1, das 7h às 16h


    A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Diretoria de Vigilância e Saneamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vem realizando, desde o último dia de setembro, a Campanha Anual de Vacinação Antirrábica de cães e gatos, acima de quatro meses de idade.

    No próximo sábado, dia 7 de outubro, das 7h às 16h, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e de outros setores do Departamento de Vigilância e Saneamento da SMS estarão novamente vacinando cães e gatos, no chamado Setor 1, que compreende os seguintes postos de vacinação: Unidade de Saúde Interlagos – localizado na Rua Eurídice Chagas Cruz, 520 – Interlagos; Escola Municipal Gentil Rodrigues Montalvão – localizada na Rua Marcia Mendes, 1081 – Bela Vista; Posto de Saúde Novo Oeste – localizado na Rua Quixeramobim; Colégio Unitrês Objetivo – na Rua Urias Ribeiro, 2327 – Alto da Boa Vista; Escola Municipal Professor Ramez Tebet – Avenida Filinto Müller, 3215 – Jardim Morumbi; Posto de Saúde Santo André – na Rua Augusto Correa da Costa, 284 – Lapa; e no CEI Clarinda Dias Conceição – localizado na Rua Crispim Coimbra, 1185 – Interlagos.

    O início e o “Dia D” da Campanha foram na Estação Ferroviária da antiga NOB, no sábado, 30 de setembro, das 7h às 16h, quando as equipes da SMS imunizaram 644 cães e 76 gatos, em apenas um dia.

    Para imunizar maior número de cães e gatos, de um mundo de animais domésticos estimado em 20.336 caninos e 5.725 felinos, segundo dados do último censo, realizado pelo CCZ, a Diretoria de Vigilância e Saneamento da SMS programou realizar esta campanha em quatro sábados, sendo dois no mês de outubro e dois no mês de novembro.

    “O animal de estimação, cão ou gato, deve ser levado ao posto de vacinação, das 7h às 16h, mais próximo da casa do seu dono, por uma pessoa adulta e não criança, por questões de segurança. E é importante que levem junto a carteirinha de vacinação do animal, que não pode estar prenhe, porque animal prenhe não pode ser vacinado contra a raiva”, recomendou o coordenador do CCZ, médico veterinário, Hugo Nogueira Faria.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS