Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 4 de outubro de 2017

    SONORA| Na Semana da Criança, Enelto Ramos entrega materiais pedagógicos para educação infantil do MunicÍPIO

    Há mais de 6 Anos as escolas não recebiam esse material. 

    © Divulgação
    As crianças da Educação Infantil receberam nessa manhã materiais escolares entregues pelo Prefeito Enelto Ramos e o Gerente de Educação .

    Os artigos serão usados pelos educadores para unir aprendizado e diversão, por meio de jogos, bonecas, fantoches, quebra-cabeças, entre outros.

    O Gerente de Educação José Lidio , ressalta a importância da aquisição dos brinquedos. “Os brinquedos propiciam momentos únicos para as crianças. Por meio deles, elas se expressam de forma lúdica, interagem e aprendem a lidar com o mundo para formação de sua personalidade”, reforça.
    © Divulgação
    A utilização do material pedagógico é imprescindível ao desenvolvimento das aulas, pois através dele podemos dinamizar a prática, além de tornar as aulas mais interessantes e eficazes para o desenvolvimento dos pequeninos.

    Vale salientar, que por mais eficiente que seja esse material, o auxílio do professor é de suma importância para que possa estabelecer a mediação entre a criança e o conhecimento no momento em que um saber está sendo construído.

    Além de diversificar e enriquecer a prática pedagógica, estimulando a criatividade não só dos alunos como dos professores e dinamizando a relação ensinar/aprender.

    Permitindo assim a manifestação do imaginário infantil, por meio de objetos simbólicos dispostos intencionalmente, a função pedagógica subsidia o desenvolvimento integral da criança enfatizou o Prefeito.

    A primeira-dama Adenir Franco tem estado à frente dos trabalhos e falou de sua satisfação. “Estamos felizes, as crianças estão tendo o apoio para estudarem com vontade e feliz. O material é de qualidade e os professores de excelente nível. Tudo conspira para um futuro feliz!”, disse.

    Os brinquedos foram adquiridos com recursos próprios. 

    Fonte: ASSECOM
    Por: CARLA SAMPAIO


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS