Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 20 de outubro de 2017

    Reunião na Governadoria tenta acordo para JBS voltar a funcionar

    Empresa anunciou a paralisação de atividades em MS após bloqueio de R$ 730 milhões

    © Arquivo
    O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), está reunido com representantes da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Assembleia Legislativa, que investiga a concessão de incentivos fiscais a empresa, nesta quinta-feira, dia 20.

    Reunidos a portas fechadas há pouco mais de 1 hora, o assunto discutido é o impasse atual que envolve a JBS. Após o bloqueio da Justiça de R$ 730 milhões, que aconteceu após pedido da CPI, trabalhadores da empresa iniciaram uma série de protestos na casa de leis esta semana.

    Eles temem demissões e atraso no pagamento dos salários, já que os bens da JBS foram bloqueados. A empresa chegou a suspender o abate de bois nas sete unidades que mantém em MS.

    A intenção discutida era que a Justiça desbloqueasse o dinheiro, medida que o presidente da investigação na casa de leis, deputado Paulo Corrêa (PR), discordava, até então.

    Além dele, está na sala do governador os secretários de Governo e da Semagro (Secretaria de Produção e Agricultura Familiar de MS), Eduardo Riedel e Jaime Verruck, e representantes da Famasul e dos trabalhadores.

    Fonte: campograndenews
    por: Mayara Bueno e Osvaldo Júnior


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS