Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 9 de outubro de 2017

    Rede Solidária recebe carreta do Hospital do Câncer de Barretos

    Mulheres beneficiárias do Vale Renda e com filhos atendidos pelo projeto fazem exames gratuitos

    © LECA
    O Rede Solidária recebe nesta segunda-feira (9) a carreta do Hospital do Câncer de Barretos, que está realizando exames de Mamografia e Papanicolau no Jardim Noroeste, em Campo Grande. O objetivo é diagnosticar o câncer de mama e de colo uterino em sua fase inicial.

    Os atendimentos da carreta são gratuitos e o foco são as mulheres de 25 a 69 anos, sobretudo atendidas pelo programa Vale Renda e com filhos assistidos pelo Rede Solidária, projeto ligado à Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

    A vice-governadora Rose Modesto participou da ação nesta manhã e destacou a importância da prevenção para ampliar as chances de cura da doença.

    “Em nome do governador Reinaldo Azambuja, quero agradecer essa parceria com o hospital, uma ação que com certeza vai fazer a diferença na vida dessas mulheres. É dessa forma que a gente vai vencer essa luta contra o câncer”, declarou.

    De acordo com a vice-governadora, os agendamentos foram feitos pelas mulheres do Noroeste entre os dias 4 e 6 de outubro.

    “Foram cerca de 110 cadastros para atendimento tanto de Mamografia quanto de Papanicolau, mas também há os encaixes. Então vamos ter um bom alcance”, detalhou.
    © LECA
    Os atendimentos, segundo Rose Modesto, também serão estendidos em breve às mulheres assistidas pelo Vale Renda e projeto Rede Solidária no bairro Dom Antônio Barbosa.

    A dona de casa Marilza Proença, de 39 anos, foi uma das cadastradas que realizou exames nesta manhã. Ela é mãe do garoto Daniel, assistido pelo projeto Rede Solidária, e está realizando a Mamografia pela primeira vez.

    “O acesso a esses procedimentos é difícil. Então essa carreta aqui no nosso bairro com certeza vai ajudar muito, vai facilitar pra gente”, disse.

    A unidade móvel do Hospital de Câncer de Barretos está equipada com um mamógrafo digital, sala para coleta de citologia cérvico-vaginal e sala de pequena cirurgia.

    A mamografia é recomendada para mulheres acima dos 40 anos e deve ser feita anualmente para prevenir o câncer de mama, que é o segundo tipo de carcinoma mais incidente entre as brasileiras, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. 

    Já o Papanicolau é recomendado para mulheres de 25 a 64 anos. Se diagnosticados na fase inicial, as chances de cura são altas para os dois tipos de câncer.

    Os atendimentos no Jardim Noroeste fazem parte da programação do Outubro Rosa, movimento mundial de divulgação de informações e alerta sobre os riscos do câncer e os meios de prevenção.

    Fonte: ASSECOM
    Por: Fernanda França


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS