Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 16 de outubro de 2017

    Randolfe recorre ao STF para que votação sobre Aécio seja aberta

    Ministro Alexandre de Moraes foi sorteado relator do mandado de segurança impetrado pelo senador da Rede e caberá a ele uma decisão

    © Pedro França/Agência Senado
    O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) recorreu, nesta segunda-feira (16), ao Supremo Tribunal Federal (STF), para garantir que a votação sobre o afastamento de Aécio Neves seja aberta.

    Na última sexta-feira (13), decisão liminar da Justiça Federal em Brasília já havia proibido o Senado a fazer votação secreta. A decisão do juiz federal Márcio Luiz Coelho de Freitas veio em resposta a uma ação popular.

    A sessão do Senado para a votação do caso está marcada para esta terça-feira (17).

    No STF, o ministro Alexandre de Moraes foi sorteado relator do mandado de segurança impetrado por Randolfe, e a decisão caberá a ele.

    No final de setembro, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 3 votos a 2, afastar o senador Aécio Neves do exercício de seu mandato, medida cautelar pedida pela Procuradoria-Geral da República no inquérito em que o tucano foi denunciado por corrupção passiva e obstrução de Justiça, com base nas delações premiadas da empresa J&F.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS