Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 27 de outubro de 2017

    Odilon já se filiou ao PDT e será pré-candidato ao governo, diz Dagoberto

    Juiz federal se aposentou este mês de olho na disputa do pleito do ano que vem

    Deputado federal e presidente do PDT em MS, Dagoberto Nogueira. (Foto: Assessoria).
    O juiz federal aposentado Odilon de Oliveira já se filiou ao PDT, afirmou o presidente do partido em Mato Grosso do Sul, deputado federal Dagoberto Nogueira. No dia 11 de novembro, a pré-candidatura dele será lançada durante ato em Campo Grande, que reunirá o presidente nacional Carlos Luppi e o ex-ministro Ciro Gomes.

    "Nós vamos lançar a pré-campanha do dr. Odilon. Ele já fez gravação, começa a aparecer e está filiado", disse o parlamentar. De acordo com o filho do juiz e presidente do PDT em Campo Grande, vereador Odilon de Oliveira Junior, o dia 11 será apenas ato público para anunciar, mas que o pai já se filiou esta semana, mantendo a intenção de candidatura ao governo do Estado.

    Agora, o deputado Dagoberto afirma que vai buscar alianças para compor a chapa para o ano que vem. O partido também vai lançar candidato ao Senado. "Não serei eu, não quero. Até porque acho que tem de abrir espaço para outros (partidos) que vamos fazer aliança".

    No dia que o partido filiou novos quadros, o parlamentar disse que a intenção é lançar 36 candidatos a deputado estadual, enquanto o número de federais ainda é estudado, na eleição de 2018.

    O juiz federal Odilon de Oliveira tem 68 anos e se aposentou em 5 de outubro de 2017 depois de 55 anos de serviço. A aposentadoria voluntária ocorreu por tempo de contribuição e com proventos integrais.

    Fonte: campograndenews
    por: Mayara Bueno


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS