Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 4 de outubro de 2017

    Mara Caseiro quer projeto “Rota Cine MS” nas aldeias indígenas de MS

    © Victor Chileno / ALMS 
    Demanda trazida durante a audiência pública “Setembro Amarelo: Unidos na Prevenção ao Suicídio”, a deputada estadual Mara Caseiro (PSDB) está solicitando ao secretário de Estado de Cultura e Cidadania, Athayde Nery de Freitas Junior, o agendamento de visita do projeto “Rota Cine MS” nas aldeias indígenas do Estado de Mato Grosso do Sul.

    Pesquisas demonstram que o índice de suicídios é maior entre os povos indígenas, portanto esses necessitam de maior cuidado e atenção.

    Segundo a deputada, o ócio existente em muitas aldeias, devido à falta de meios de comunicação, leva ao consumo de bebidas alcoólicas e drogas e conseqüentemente ao cometimento do suicídio.

    “A população indígena do Mato Grosso do Sul enfrenta muitos problemas, e o suicídio é um dos problemas que muito nos preocupa, como agentes públicos. A nossa solicitação vem da necessidade de levar atividades culturais para as aldeias indígenas do Estado com o objetivo de prevenir a incidência de casos de suicídios entre os povos indígenas do MS”, justificou a parlamentar.

    O Rota Cine MS é um projeto itinerante da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania de Mato Grosso do Sul, que desde 2006 percorre as cidades do interior do Estado apresentando, gratuitamente, em formato de arte-educação, a produção audiovisual do Mato Grosso do Sul e do Brasil. Somando valores e promovendo o desenvolvimento humano através da arte, o projeto Rota Cine MS aborda assuntos históricos, socioculturais, políticos, ambientais, situações, paisagens, trilhas sonoras e personagens da cultura popular brasileira.

    Em Mato Grosso do Sul, 77 mil pessoas são declaradas indígenas, conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados em 2016.


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS