Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 9 de outubro de 2017

    LÍNGUA PORTUGUESA - Professor Fernando Marques

    Dicas de português

    Erronias gramaticais e formas corretas. Exemplos:

    Av: – nomes de logradouros públicos devem ser grafados com inicial maiúscula: Alameda das Rosas, Avenida São João, Rua 7 de Setembro, Rua General Osório, Rua Marechal Deodoro da Fonseca, Praça do Papa, Bairro São Francisco, Travessa Vasconcelos etc.
        Quando se utiliza abreviatura, a forma correta é: Al. das Rosas, Av. São João, Av. Afonso Pena, Av. Tamandaré, Av. Mato Grosso, R. Barão do Rio Branco, Rua Gen. Osório, Rua Mar. Deodoro da Fonseca, P. do Papa (ou Pç. do Papa), B. São Francisco, T. Vasconcelos (ou  Trav. Vasconcelos) etc.
    Erros frequentemente encontrados currículos, ofícios, textos jornalísticos, monografias: Av: São João, Av.: Mato Grosso, R.: Barão do Rio Branco, Rua Gal. Osório, Rua Mal. Deodoro da Fonseca, R: 13 de Maio etc.

    Outras formas erradas: Rua XV de novembro, Rua VII de Setembro.
    Não se usa algarismos romanos e sim números ordinais para referência a logradouros. Assim, a grafia correta é:
    Rua 15 de Novembro (letra inicial de mês maiúscula), Rua 7 de Setembro, Praça 2 de Julho, Rua 21 de Abril etc.

    Aviso breve – Embora haja quem utilize essa forma errada que é repetida até mesmo por pessoas que deveriam falar e escrever corretamente, aviso prévio tanto pode ser dado pelo empregador quanto pelo empregado. O Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943 - CLT - Consolidação das Leis Trabalhistas, trata do aviso prévio no Título IV, Capítulo VI, dos artigos 487 a 491.
    Dispõe o art. 489: "Dado o aviso prévio, a rescisão torna-se efetiva depois de expirado o respectivo prazo, mas, se a parte notificante reconsiderar o ato, antes de seu termo, à outra parte é facultado aceitar ou não a reconsideração.
    Parágrafo único. - Caso seja aceita a reconsideração ou continuando a prestação depois de expirado o prazo, o contrato continuará a vigorar, como se o aviso prévio não tivesse sido dado".

    Barato – O vocábulo barato pode participar do adjetivo e do advérbio. Como adjetivo pode variar, ficando no singular ou no plural. Exemplos:
    Aquele apartamento é muito barato.
    Estas motocicletas são baratas.
    Como advérbio, não varia: fica sempre no singular. Exemplos:
    Comprei barato a minha fazenda.
    Compramos barato as nossas fazendas.

    Erra quem utiliza a palavra “barato para referência a preço. Preço pode ser baixo ou alto.
    Não há preço barato ou caro; os artigos, produtos, mercadorias, serviços, sim!
    Forma errada: O preço das passagens é caro!
    Corretamente, diz-se que a mercadoria é cara ou barata. Exemplos:
    “Quando o preço dos combustíveis é elevado, o frete não pode ficar barato!”
    No Brasil, tudo é caro porque o povo repassa 70% do valor para sustentar presidiário e político corrupto!
    O erário nunca será suficiente para promover o bem-estar da sociedade, porque é utilizado para manter corrupto caro e corrupto barato diante dos cofres públicos!

    Continuação na próxima semana!  




    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS