Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    25/10/2017

    Investimento em tecnologia garante desenvolvimento do Estado, diz Reinaldo

    O governador Reinaldo Azambuja na chegada ao Centro de Convenções nesta quarta-feira para a abertura da Semana de Ciência e Tecnologia (Foto: Leonardo Rocha)
    O governador Reinaldo Azambuja disse nesta quarta-feira, 25, que os investimentos do seu governo no setor de tecnologia já proporcionaram salas digitais em assentamentos e aldeias indígenas, e vão garantir a implementação do Projeto Estado Digital para levar cabeamento de fibra óptica aos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

    “Tanto na área de ciência quanto no setor de tecnologia tem sido importante a parceria com as universidades no desenvolvimento de projetos, pesquisas e programas que possam contribuir para o crescimento do setor público na prestação de serviços ao cidadão, porque as inovações tecnológicas ajudam em diversos setores, e vamos manter os investimentos nessas áreas para garantir o desenvolvimento do Estado”, declarou Reinaldo Azambuja ao abrir a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

    Conforme dados do Governo do Estado, as salas digitais com computador e acesso à Internet foram instaladas em três aldeias de Sidrolândia, Dois Irmãos do Buriti e Bodoquena, e também em cinco assentamentos de Anastácio, Bela Vista, Nioaque, Guia Lopes da Laguna e Nova Andradina.

    Quanto ao Estado Digital, o governador disse que o projeto lançado em 2016 ainda está na fase de estudo antes de ser aberto para licitação. A ideia é atender todo o Mato Grosso do Sul cabos cabos de fibra óptica, uma tecnologia que substitui os cavos de fios de cobre para aumentar a velocidade de transmissão de informação digital e garantir nível elevado de sinais e dados, voz e vídeo.

    Sobre a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia, o secretário estadual adjunto de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Sena, afirmou que um dos focos será a apresentação de projetos desenvolvidos pelas escolas públicas estaduais.

    “Queremos trazer os jovens mais perto da ciência e da tecnologia. Então, por exemplo, as escolas desenvolveram projetos que estão sendo expostos durante a Semana de Tecnologia”, comentou ele.

    Fonte: campograndenws
    por: Paulo Nonato de Souza e Leonardo Rocha


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS