Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 17 de outubro de 2017

    Equipe Coronel David faz ‘mutirão da alegria’ e leva cultura aos bairros da Capital

    Mais de mil pessoas participaram de atividades relacionadas ao Dia das Crianças e também do projeto Cinema no Bairro do Coronel David

    © Divulgação
    O dia 12 de outubro, data em que se comemora o Dia das Crianças não passou batido para os moradores de diversos bairros de Campo Grande, principalmente quando a equipe do Coronel David está nas ruas executando ações em prol da população. 

    Ao todo foram quatro dias de ações relacionadas ao Dia das Crianças e exibição do projeto Cinema no Bairro nas regiões do Jardim Tarumã, Vila Romana e Vila Popular, envolvendo mais de mil famílias, entre adultos, jovens e crianças no dia 7, 10, 12 e 15 de outubro. No dia 7 as ações do Coronel David foram até o município de Terenos, no dia 10, a população do Vila Popular recebeu ações que envolveram sorteio de brindes, distribuição de brinquedos, no dia 12 foi a vez do bairro Tarumã receber a equipe do deputado Coronel David e no dia 15, a comunidade indígena do Vila Romana foi presenteada com sorteio de brindes, distribuição de brinquedos, finalizando com a exibição de filmes pelo projeto “Cinema no bairro”, proposto pelo parlamentar.
    © Divulgação
    “Nossa política é trabalhar junto à comunidade, estar próximo dos problemas e acompanhar de perto a realidade dos moradores buscando melhorias, e fazemos isso proporcionando também entretenimento, cultura e interação entre o nosso trabalho parlamentar e a população da nossa Capital”, disse Coronel David. 

    O projeto ‘Cinema no Bairro’ tem como objetivo combinar lazer e cultura e leva apresentações de filmes em praças e centros comunitários da Capital, transformando um espaço público em salas de cinema de forma democrática, simples e o que é melhor, sem custo algum. O projeto acontece sempre a cada 15 dias nas praças e centros comunitários dos bairros da Capital e do Estado e é aberto aos jovens, crianças e adultos.

    Fonte: ASSECOM
    Por: Taciane Peres


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS