Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sábado, 7 de outubro de 2017

    Condenado pela Justiça de MS morre em tiroteio com a polícia no MT

    Rafael Douglas Teixeira dos Santos morreu em um tiroteio com policiais na cidade de Várzea Grande (Foto: Messias Filho / Agora MT)
    Condenado pela Justiça de Mato Grosso do Sul por cometer diversos crimes no estado, Rafael Douglas Teixeira dos Santos morreu em um tiroteio com policiais na cidade de Várzea Grande, no Mato Grosso. Ele e um comparsa fugiram de uma abordagem da Força Tática local, capotaram um veículo roubado e abriram fogo contra os agentes, que revidaram.

    Santos era considerado foragido da Justiça. Segundo informações do site Edição de Notícias ele agia principalmente em Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande, onde tinha várias passagens pela polícia, por assaltos, roubos, furtos, tráfico e até mesmo homicídios, tendo vários mandados de prisão em aberto.

    Em 2011, armado e agindo com violência, fez um arrastão na cidade. Primeiro ele assaltou um mercado na Vila Bela, pegando R$ 180 do caixa depois de render o dono do estabelecimento. Em seguida, tomou R$ 200 de uma mulher que estava caminhando pela Rua João Pessoa, na região central.

    Na mesma noite ele foi até uma farmácia, onde roubou a corrente de ouro de um dos funcionários e o celular do estabelecimento.

    Três dias depois, Santos assaltou uma padaria. Mediante violência e ameaçando as vítimas de morte, tomaram uma corrente de ouro e um celular na ocasião.

    Ele foi preso pela polícia local e condenado a 15 anos de prisão pela juíza criminal de Coxim, Tatiana Dias de Oliveira Said. Foi transferido a uma unidade prisional de Rondonópolis, onde era acusado de homicídios, tráfico de drogas, assaltos, roubos e furtos.


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS