Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 27 de outubro de 2017

    Brasileira executada na fronteira era comerciante em Campo Grande

    Maria Auxiliadora de Souza Silva estava em Pedro Juan com o noivo para comprar pneus que revenderia em Campo Grande

    Picape Saveiro de campo-grandenses estava carregada com pneus (Foto: Porã News)
    A brasileira Maria Auxiliadora de Souza Silva, 39, executada a tiros hoje (27) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), morava em Campo Grande, onde tinha um comércio de venda de pneus.

    Ela estava na cidade paraguaia com o noivo, identificado como William Guimarães da Cruz, 40, para comprar pneus. O carro ocupado pelos dois, uma Saveiro branca, placa BBB-5944, de Campo Grande, estava lotada de pneus comprados em Pedro Juan Caballero.

    De acordo com o depoimento de William da Cruz aos policiais paraguaios, ele e Maria Auxiliadora já se preparavam para deixar o território paraguaio quando pararam em uma barraca, próximo ao Hotel Cassino Amambay, para comprar ervas medicinais usadas no tereré.

    Os dois pistoleiros, em uma motoneta importada, se aproximaram e atiraram na mulher. Maria Auxiliadora chegou a descer da Saveiro para tentar fugir, mas foi alcançada e executada pelos matadores, que teriam fugido para Ponta Porã.
    © Divulgação

    Fonte: campograndenews
    por: Helio de Freitas, de Dourados


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS