Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 4 de setembro de 2017

    TRÊS LAGOAS| Termo de Compromisso repassa 21 imóveis do DNIT para a Prefeitura

    Entre as áreas destinadas ao Município, todo o trecho da linha dentro da cidade passa a ser responsabilidade da Prefeitura

    © Divulgação
    Após muitos anos de negociação e anseio dos interesses populares de Três Lagoas, a cessão da área da antiga ferrovia NOB à Prefeitura de Três Lagoas teve um desfecho positivo.

    No termo assinado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), 21 imóveis estão no acordo e serão repassados para a Administração Municipal.

    Entre os locais, está todo o trecho da antiga linha férrea que cortava o Município. Esse espaço vai do começo do novo contorno ferroviário (próximo ao Jardim dos Ipês) até o outro ponto, na BR-262.

    Também estão entre os locais destinados a administração municipal, galpões, depósitos, casas usadas no passado para abrigo de funcionários, escritórios e outras edificações entre o trecho que vai até a cidade de Água Clara.
    © Divulgação
    Para o uso dos novos espaços públicos municipais, várias hipóteses estão sendo trabalhadas, mas ainda não confirmadas. Uma delas é a transferência da Diretoria de Trânsito para a antiga estação. “A diretoria de trânsito próxima da área central do Município seria muito bom para a população”, explicou Guerreiro durante apresentação do acordo à autoridades e imprensa.

    O Prefeito também considera a instalação de um serviço de “Poupatempo” para atender os três-lagoenses, o local serviria para providenciar de forma rápida a renovação ou abertura de documentos importantes como RG, CNH, Carteira de Trabalho, etc. “O Poupatempo é nossa intenção, claro, dependemos do Governo do Estado, mas é o nosso interesse”, disse.
    © Divulgação
    A construção de um terminal também não é descartada, porém, a princípio, um ponto de embarque e desembarque pode ser providenciado para dar mais conforto aos passageiros de coletivos.

    Como parte do acordo entre o Município e o órgão da União, estão a restauração e preservação do espaço, preservando as raízes culturais do patrimônio. “É um momento histórico pra Três Lagoas, finalmente os Ministérios estão se abrindo para nós. É uma conquista, mas cabe a nós encararmos outra luta. Vamos juntar recursos e cuidar do que é nosso”, completou Guerreiro.

    Durante a reunião da apresentação do acordo, uma presença marcante foi de uma histórica moradora de Três Lagoas, Tia Nega, que se emocionou e comoveu os presentes. “Cheguei a Três Lagoas há 81 anos. Eu choro hoje de alegria por saber de melhorias como estas em nossa cidade”, disse Tia Nega.

    Também estiveram presentes no evento os Secretários municipais José Pereira (Secretário Geral), Dirceu Deguti (SEINTRA), Celso Yamaguti (SEMEA), Angelina Zuque (SMS), Maria Célia (SEMEC), Antônio Empke (SEDECT), Gilmar Tabone (SEAD), Vera Helena (SAS), o Chefe de Gabinete José Moraes e o Assessor Jurídico do Município Luiz Gusmão.

    A Câmara Municipal também foi representada pelo Presidente André Bittencourt, Luiz Akira, Jorginho do Gás, Cascão, Professor Flodoaldo, Cristina e Luciano Dutra.


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS