Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 7 de setembro de 2017

    TRÊS LAGOAS| Pracinhas, inativos e pensionistas das Forças Armadas são homenageados no Dia da Independência

    Homenagens foram prestadas a cidadãos que lutaram na Força Expedicionária Brasileira e a militares reformados do Exército Brasileiro

    © Divulgação
    A Prefeitura de Três Lagoas, por meio de ação conjunta da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) e o comando da 3ª Bateria de Artilharia Antiaérea (3ªBiaAAAe) do Exército Brasileiro, promoveu solenidade alusiva ao Dia da Independência do Brasil, na manhã desta quinta-feira, dia 7 de setembro, Dia da Pátria.

    A solenidade foi aberta com o hasteamento das Bandeiras do Brasil, Estado de Mato Grosso do Sul e do Município de Três Lagoas, ao som do Hino Nacional Brasileiro e do Hino da Independência, executados pela Banda Marcial Cristo Redentor e um coral de 147 participantes, alunos das Escolas Municipais e do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) AABB Comunidade, sob a regência do maestro Luiz Carlos Relíquias da Silva.

    Participaram da solenidade de hasteamento das Bandeiras: prefeito e vice-prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro e Paulo Salomão, acompanhados do comandante da 3ªBiaAAAe, major Rafael Salgado da Silva (Brasil); Comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel James Magno Morais Silveira, com o presidente da Câmara Municipal, vereador André Bittencourt (Estado); e a secretária municipal de Educação, Maria Célia Medeiros, e representante do comandante do 2º Grupamento de Bombeiros, tenente coronel Leandro de Arruda (bandeira do Município).

    Em seguida, foram prestadas homenagens aos ex-combatentes da 2ª Guerra Mundial, pracinhas da Força Expedicionária Brasileira (FEB), Haroldinho Batista Fernandes, Manoel Domingos da Silva e Raul Peregrino da Silva, representantes vivos do contingente de militares, que partiu de Três Lagoas para compor o Exército dos aliados na Itália.

    Durante a homenagem, que também foi estendida ao comando da 3ªBiaAAAe e a um grupo de militares inativos e pensionistas das Forças Armadas, a Banda Marcial Cristo Redentor executou a Canção do Expedicionário, com a participação do coral de crianças e adolescentes das escolas municipais e do AABB Comunidade.

    Antes do início do Desfile de Homenagem à Pátria, o comandante do Exército e o prefeito de Três Lagoas, em carro militar aberto, percorreram o trecho da Avenida Antônio Trajano, “para revista da tropa”, como anunciou o cerimonial.

    DESFILE CÍVICO-MILITAR

    Segundo estimativas dos organizadores do evento, com apoio e serviços da equipe da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, confirmadas pela Polícia Militar, mais de três mil pessoas assistiram ao Desfile Cívico-Militar, em toda a extensão da Avenida Antônio Trajano, do cruzamento com a Rua Orestes Prata Tibery até à Avenida Rosário Congro.

    No palanque “Maestro Tertuliano de Lima”, reservado às autoridades, junto com a prefeito Angelo Guerreiro e vice-prefeito Paulo Salomão, toda a equipe de secretários da Administração Municipal e vereadores da Câmara Municipal, assim como representantes da Polícia Militar, Ambiental, Rodoviária Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil.

    O desfile cívico-militar, alusivo às comemorações dos 195 anos da Independência do Brasil, ocorrida em 7 de setembro de 1822, às margens do Ipiranga, na capital de São Paulo, foi aberto por um contingente a pé e motorizado da 3ªBiaAAAe, seguida por crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) “Pelotão Mirim”.

    Também participaram: ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência -SAMU ; SCFV “Bombeiros do Amanhã”; Viaturas do 5º Grupamento de Bombeiros (5ºGB); SCFV “Patrulha Educação no Trânsito”; Rotai e demais viaturas do 2º Batalhão de Polícia Militar; 14º Batalhão da Polícia Militar Rodoviária (PMR); SCFV “Patrulha Florestinha” da Polícia Militar Ambiental (PMA); Capítulo Três Lagoas 460 da Ordem Demolay para o Brasil; Delegacia Regional da Polícia Civil; e Banda Musical Cristo Redentor.

    No seu final, o desfile contou ainda com a participação de um grupo de manifestantes de Três Lagoas do “23º Grito dos Excluídos”. Na mensagem do grupo, “a vida em primeiro lugar” e “Por Direitos e Democracia a Luta é Todo o Dia”.









    TL254234231.jpg
    TL254234232.jpg
    TL254234233.jpg
    TL25423423A11.jpg
    TL254234234.jpg
    TL254234235.jpg
    TL254234236.jpg


    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS