Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 5 de setembro de 2017

    PRF terá radares extras e reforço de efetivo em rodovias nos próximos 5 dias

    Também haverá restrição de tráfego para veículos longos

    Policiais em operação. (Foto: Divulgação/ PRF)
    Com o objetivo de reduzir o número de acidentes e infrações de trânsito durante o feriado, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) inicia na primeira hora desta quarta-feira (06) a Operação Independência. Até domingo (10), haverá reforço nas fiscalizações de rodovias federais do Estado, que contemplará mais de 3.670 quilômetros.

    Conforme a PRF, as ações foram planejadas levando em consideração os locais com maior incidência de acidentes e infrações graves, conforme a realidade de cada região. A finalidade da Operação será a redução de acidentes, principalmente os acidentes aqueles com feridos graves ou morte.

    Haverá ênfase na fiscalização de velocidade, embriaguez ao volante, motocicletas e ultrapassagens forçadas ou proibidas. Para tanto, está planejado um reforço de efetivo com escala que proporcione maior presença de policiais nos pontos estratégicos e patrulhamentos ostensivos.

    Radares estáticos serão utilizados em todas as rodovias federais para coibir o excesso de velocidade. Etilômetros (bafômetros) foram distribuídos para todas as unidades operacionais da PRF e serão empregados em todas as fiscalizações.

    Restrições de tráfego – Ainda durante estes quatro dias, haverá restrição de tráfego para veículos longos, com excesso de dimensões e que trafegam com AET (Autorização Especial de Trânsito). Estes veículos estão proibidos de trafegar nas rodovias de pista simples entre às 6h e 12h de quinta-feira (7) e 16h e 22h de domingo (10).

    Ações educativas - Com foco na educação e prevenção de acidentes relacionados ao excesso de velocidade, uso do cinto de segurança, embriaguez ao volante, entre outros, em alguns postos da PRF, o condutor será convidado a assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito e as consequências dessas condutas. "Os motoristas têm a oportunidade de fazer uma reflexão sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos, afirma a PRF.

    Em continuidade às ações de enfrentamento a crimes, haverá emprego de grupos especializados em todo estado. Em Mato Grosso do Sul, a PRF, em conjunto com a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), desenvolve a Operação Égide-Fronteiras para coibir crimes relacionados às fronteiras internacionais, reforçando a segurança na região e impedindo que drogas, armas e contrabando aumente a violência em grandes centros.

    Fonte: campograndenews
    Por: Luana Rodrigues


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS