Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 6 de setembro de 2017

    Nem toda comida pode ir ao micro-ondas

    O micro-ondas é, possivelmente, o melhor amigo culinário de muitas pessoas, mas isso não quer dizer que possa ser usado em tudo

    © iStock
    Em uma época em que o tempo para cozinhar se resume, muitas vezes, ao domingo à tarde (ou nem isso), a marmita e as refeições aquecidas assumem-se como protagonistas dos tempos modernos. No entanto, existem determinados alimentos que não podem ser aquecidos no eletrodoméstico. 

    Como destaca uma publicação do El Confidencial, os ovos (não mexidos) não devem ser nem cozinhados, nem aquecidos no micro-ondas, esteja ou não ainda na casca. Isso porque a umidade presente no alimento se transforma em vapor à medida que é cozinhado, aumentando o risco de 'arrebentar' e queimar, especialmente quando o ovo quente sai do micro-ondas e é colocado no prato.

    Esquentar o arroz pode ser prejudicial para a saúde, pois há uma bactéria - a Bacillus Cereus - que sobrevive mesmo depois do arroz ter sido confeccionado, aumentando o risco de intoxicação (risco esse que é ainda maior quando o alimento está frio e é novamente aquecido). Assim como o arroz, que depende da forma de conservação depois de cozido, também as batatas não devem ser esquentadas no micro-ondas, especialmente se tiverem esfriado à temperatura ambiente, momento no qual a bactéria Clostridium botulinum mais se propaga.

    Igualmente comum nas marmitas, o frango é um outro alimento cujo aquecimento deve ser evitado ou feito com algum cuidado, diz El Confidencial, destacando que as bactérias que resistem às oscilações de temperatura do micro-ondas são as que mais facilmente contaminam o frango, um alimento conhecido por ser o habitat ideal da salmonella. Além disso, reaquecer o frango altera a composição de proteínas do alimento, algo que pode causar problemas intestinais. Depois de aquecido, o frango deve estar quente por completo (sim, o interior também).

    Também devido às alterações proteicas, os cogumelos não devem ser aquecidos no micro-ondas. Este alimento, quando fresco, alertou o Conselho Europeu de Informação sobre a Alimentação, deve ser consumido imediatamente, a não ser que tenha sido armazenado na geladeira no máximo durante 24 horas e aquecido a uma temperatura inferior a 70 graus.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS