Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 4 de setembro de 2017

    Mafioso italiano foragido há 25 anos é preso com documentos brasileiros

    Criminoso é acusado de chefiar tráfico entre Itália e América do Sul

    © Divulgação
    Foragido há 25 anos, o mafioso Rocco Morabito, considerado um dos chefes mais influentes da facção criminosa 'Ngrangheta, que atuava na Calábria, foi preso em Montevidéu, no Uruguai. Ele portava documentos de identidade uruguaios falsos e um passaporte brasileiro, em nome de Francisco Capeletto.

    As autoridades italianas confirmaram a informação nesta segunda-feira (4). Morabito é considerado um dos cinco criminosos mais perigosos da Itália. Ele já tinha um mandado de captura emitido pela Interpol e já foi condenado a 30 anos de prisão.

    "Após seis meses de intensa atividade de informação e inteligência, foi comprovado que Morabito tinha obtido documentos uruguaios, apresentado uma identificação brasileira com o nome de Francisco Antonio Capeletto Souza", informaram as autoridades.

    Morabito foi preso em um hotel de Montevidéu. Ele é acusado de chefiar o tráfico de drogas entre a mafia italiana e países da América do Sul entre os anos de 1988 a 1994.

    Em 1992, Morabito foi o responsável por uma tentativa de transportar 592 quilos de cocaína do Brasil para a Itália. A remessa acabou sendo apreendida pelas autoridades italianas.

    Fonte: Midiamax
    Por: Joaquim Padilha


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS