Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 22 de setembro de 2017

    Lei proíbe uso de capacete em estabelecimentos comerciais

    Itens que impeçam a identificação também entram na lista

    © Ilustração
    O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sancionou, nesta sexta-feira (22), lei que proíbe uso de capacete dentro de estabelecimentos comerciais e condomínios de Mato Grosso do Sul.

    Texto prevê instalação de placas, no prazo de 60 dias, em que conste: “É proibida a entrada de pessoa utilizando capacete ou qualquer tipo de cobertura que oculte a face”. Bonés, capuzes e gorros só entram na lista se impedirem a identificação.

    Eduardo Rocha (PMDB), autor do projeto, justificou que proibir qualquer cobertura do rosto é medida de segurança para inibir roubos e assaltos ao comércio. Caso haja descumprimento, o infrator terá aplicada multa de R$ 478,60 (20 Uferms), sendo dobrado o valor em caso de reincidência.

    Fonte: Midiamax
    Por: Kleber Clajus


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS