Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    28/09/2017

    Governo inicia negociações para reabertura da unidade do Marfrig em Porto Murtinho

    © Divulgação
    O governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, iniciaram nesta quinta-feira (28.9) uma conversa com a Marfrig para a reabertura do frigorífico de Porto Murtinho, fechado há dois anos.

    A reunião aconteceu em São Paulo, com o diretor de novos negócios da Marfrig, Luiz Firmino, Marcos Molina, membro do Conselho de Administração e Rodrigo Marçal, da Diretoria de Operações do grupo. A conversa foi a primeira de um trabalho de sensibilização dos empresários feito pelo Governo do Estado.

    A empresa informou que aquela unidade não apresenta resultados positivos e que a reativação demanda de investimentos, provavelmente com a instalação do setor de desossa. Em contrapartida, o governador apresentou uma série de investimentos que tem feito na região e que podem ajudar a nortear a decisão dos investidores.

    De acordo com o secretário Jaime Verruck, foram apresentadas as melhorias em infraestrutura feitas na região, assim como a rota bioceânica que deve ligar Porto Murtinho aos países vizinhos até o Chile. Também foi discutida a possibilidade de levar gado de barcaças do Pantanal para abate em Porto Murtinho, com uma nova estrutura para descarga de animal no porto.

    “Dentro dessas circunstâncias o cenário para a reabertura ficou bastante positivo, mas ainda não há nenhuma definição sobre a reabertura. Por isso vamos fazer estudos e apresentá-los para a empresa, para que ela possa avaliar”, afirma Jaime Verruck.

    Segundo o governador Reinaldo Azambuja, o Estado vem trabalhando para oferecer logística ao setor produtivo para a retomada dos investimentos, como a planta da Marfrig em Porto Murtinho, visando a geração de empregos e renda à população.

    “Estamos trabalhando para oferecer cenário positivo aos empresários, visando a retomada dos investimentos em um setor considerado importante para a vencermos a crise com geração de novos postos de trabalho em uma região considerada estratégica, por contar com rebanho bovino de qualidade para abate, e pela possibilidade de abrir mercado internacional através da exportação de carne pelo porto de Murtinho”, afirmou.

    Paranaíba 

    Durante a reunião, Governo e Marfrig também conversaram sobre a manutenção da unidade recém inaugurada na região Leste. Os empresários informaram que o frigorífico de Paranaíba iniciou o processo para se credenciar ao programa Precoce MS e para entrar na lista do Ministério da Agricultura e Pecuária para exportação.

    A ideia é de que essa unidade consiga atingir os níveis de abate previstos dentro da estrutura da planta e contará com apoio do Governo do Estado para continuar a viabilidade e a manutenção das atividades. 

    Fonte: ASSECOM
    Por: Priscilla Peres – Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro)


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS