Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 29 de setembro de 2017

    FIGUEIRÃO| Com shows e novos projetos para a pecuária, município completa 14 anos

    Programação de aniversário inclui eventos esportivos e palestras sobre pecuária de corte e leite.

    Município de Figueirão completa 14 anos de emancipação neste 29 de setembro © Divulgação
    O município de Figueirão, distante 226 quilômetros de Campo Grande, comemora nesta sexta-feira (29), 14 anos de emancipação político-administrativa com extensa programação. Serão três dias de festa com atrações artísticas, eventos esportivos, leilões, inaugurações de obras e lançamento de projetos.

    Dentre os eventos, estão a tradicional competição de laço comprido, festa do cupim e da linguiça, shows, inauguração, entrega e lançamento de obras e passeio ciclístico.

    A programação inclui o projeto ‘Figueirão + Rural – Campo Forte’, que começa hoje. No período da tarde, produtores da cidade e região participam da Feira de Touros Pró-genética e do 3º Simpósio do Leite com o tema “Como ganhar dinheiro com leite”, com palestra sobre genética, manejo e rentabilidade no gado leiteiro. Também haverá lançamento do programa ‘Produzir mais 2’, às 17h.

    No sábado (30), às 7h, começa a feira de touros Pró-genética, e às 10h, as palestras com o senador Ronaldo Caiado, com o tema “Perspectiva do Agronegócio Brasileiro”, e com Abelardo Lupion, sobre a “Pecuária Profissional X Carne de Qualidade”.

    O lançamento do Projeto Carne Zebu, também amanhã, contará com a presença de diversas autoridades está previsto para as 11h, com palestra de Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, Pecuarista e Presidente da ABCZ.

    Também está programada apresentação de cortes especiais de carne, com direito a degustação, a partir das 12h. A programação será encerrada com o Leilão de Criadores de Figueirão e região, que oferecerá animais para cria, recria e engorda, com início as 14h.

    Haverá show de Victor Gregório e Marco Aurélio hoje, Mariana Fagundes e Dudu Lino, no sábado, e Gesta do Cumpimk e Linguiça no domingo (1º). 

    A programação completa pode ser conferida no site da prefeitura

    Milionário “caipira” - O pequeno município, com pouco mais de 3 mil habitantes, ganhou projeção nacional quando um senhor simples, “do mato e caipira”, como ele mesmo se define, foi ganhador único da Mega-Sena, em abril de 2014.

    Aos 70 anos, o agricultor Nola Menegussi, acertou as seis dezenas e levou R$ 37.626.306,90. O sortudo doou 10% do prêmio para 3 hospitais da cidade.

    História - Antes de tornar município, a área era ocupada por índios Caiapós. Em 1917, o Prefeito de Camapuã, Joaquim Faustino Rosa construiu o prédio onde por muitos anos funcionou a Escola Estadual Doutor Arnaldo Estevão de Figueiredo.

    Anos depois, em 1963, o governador do Estado de Mato Grosso, Fernando Corrêa da Costa criou o Distrito de Paz de Figueirão. Em 1977, a região passou a fazer parte do atual estado de Mato Grosso do Sul. Três anos depois, o Prefeito Joaquim Rosa realizou mais duas obras: o Posto de Saúde Municipal e a energia elétrica, colocando de lado as lamparinas à querosene.

    Depois de várias lutas e conquistas, foi criado em 29 de setembro de 2003, o município de Figueirão.

    A população total do município era de 2.927 habitantes, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2010).

    Sua área é de 4.914 km² representando 1,37 % do Estado, 9,45 % da Região Norte e 0,06 % de todo o território brasileiro. Sua principal fonte de renda é a pecuária de corte e o gado leiteiro.

    Sendo escoada pela rodovia MS 436 que liga Figueirão a Camapuã e Alcinópolis, MS 223 que dá acesso de Figueirão à Costa Rica.

    Fonte: campograndenews
    Por: Anahi Gurgel


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS