Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    19/09/2017

    COSTA RICA| II Oficina de Fortalecimento e Atualização do Processo de Trabalho na Atenção Básica em Saúde da Família e Comunidade será realizada dia 21 de setembro

    O Governo de Costa Rica – MS em parceria com a SES – Secretaria Estadual de Saúde – realizam na quinta-feira, 21 de setembro de 2017, a II Oficina de Fortalecimento e Atualização do Processo de Trabalho na Atenção Básica em Saúde da Família e Comunidade.

    A oficina que será realizada no Auditório Ambiental Valdir Justino de Almeida localizado no PNMMS - Parque Natural Municipal Salto do Sucuriú - irá reunir 10 municípios do Estado, sendo eles: Chapadão do Sul, Selvíria, Alcinópolis, Figueirão, Coxim, Sonora, Pedro Gomes, Rio Verde, São Gabriel do Oeste e Costa Rica a cidade sede. A expectativa é que o evento reúna aproximadamente 70 profissionais da saúde que vão se dedicar a auxiliar suas cidades na atuação e no fortalecimento da Atenção Básica.

    Conforme a secretária de Saúde de Costa Rica, Adriana Tobal, a Atenção Básica, porta de entrada do SUS - Sistema Único de Saúde - é tema prioritário em constante desenvolvimento, atualização e aprimoramento. “A realização da oficina trata-se do fortalecimento do Programa Mais Médicos para o Brasil que busca efetivar as ações dentro dos municípios, onde são coordenadas as políticas de saúde para que possam desenvolver estratégias que buscam o fortalecimento e a qualificação da Atenção Básica no Brasil”, explica a gestora.

    Costa Rica foi escolhida para realizar o evento por ser o município com 100% de cobertura populacional, onde o prefeito Waldeli dos Santos Rosa, em 2014 optou pelo Programa Mais Médicos em toda rede de Atenção Básica, melhorando assim a qualidade de vida da população.

    “Essas oficinas que estão sendo realizas em todo o País visam estruturar e melhorar a Atenção Básica. Por meio das Secretarias de Saúdes dos Municípios é possível harmonizar e fortalecer a rede de atenção primária, possibilitando que ela cumpra o papel de assistir a população nas questões básicas e de referenciar os casos de média e de alta complexidade para as unidades especializadas e para os hospitais”, complementou a coordenadora da Atenção Básica em Costa Rica, Daiane Pupin.

    O evento irá ofereceu aos profissionais da saúde metodologia com os seguintes temas: Trabalho em grupo, com perguntas norteadoras sobre o processo de trabalho; Apresentação em plenária pelos grupos; Apresentação sobre Processo de Trabalho pela SES/MS; Elaboração, em grupo, de um plano de trabalho baseado nas prioridades (O plano de trabalho deverá ser realizado por município, com foco nas prioridades levantadas na discussão em grupo) e Será fornecido um modelo de plano de trabalho.



    Fonte: ASSECOM/PMCR


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS