Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 8 de setembro de 2017

    Coluna do Roberto Costa


    BOCARRA I – Diz o dito popular que “Quem fala demais dá bom dia a cavalo”. No caso do empresário Joesley Batista, por se achar acima do bem e do mal, resolveu afrontar o STF. Pode perder os benefícios da delação premiada.

    BOCARRA II – Outro que estava se achando ‘apontando o dedo para meio mundo’ é Ricardo Saud. Na presença do juiz Sérgio Moro desceu da prepotência sem a menor cerimônia enfiando o rabo entre as pernas.

    BOCARRA III – Em se tratando de Mato Grosso do Sul onde o grupo está sendo investigado pela Assembleia Legislativa, a família Batista terá que ressarcir os cofres do Estado em aproximadamente 1 bilhão!

    NA DISPUTA – A vice-governadora Rosiane Modesto de Oliveira (Professora Rose) confirmou que disputará as eleições de outubro de 2018. Fez mistério quanto ao cargo que irá colocar seu nome à disposição do partido.

    TOMOU GOSTO – O vereador Veterinário Francisco Gonçalves de Carvalho, líder do PSB na Câmara, produziu, em tão somente oito meses de legislativo, mil indicações.

    APRENDEU RÁPIDO – Ao participar da solenidade de destravamento de obras para Campo Grande, o Vereador Francisco enalteceu a maturidade política do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

    É CONTRA I – O médico e suplente de vereador, Eduardo Cury, não economizou críticas ao diretor-presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento, pelo fechamento da psiquiatria da entidade.

    ECOOU – Já o médico e deputado estadual Paulo Siufi (PMDB) diz que não conseguir entender como “uma instituição que diz filantrópica relegue a ultimo plano o atendimento dos carentes em detrimento do dinheiro”,

    MAQUIAGEM – Velhos partidos políticos se apresentarão aos eleitores brasileiros em novas embalagens. O problema é que o conteúdo continuará o mesmo! O poder de decisão está nas mãos do eleitor.

    EM DEVANEIO – O depoimento do ex-ministro Antônio Palocci ao juiz Sérgio Moro era a pá de cal que faltava para sepultar a carreira política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    PERFEITO! – “Eleitor que pede dinheiro para político não tem o direito de criticá-lo, acusá-lo do que quer que seja”. O comentário foi feito pelo deputado estadual Herculano Borges.

    MUDANÇA – É possível que o Comando-Geral da Política Militar do Estado de Mato Grosso do Sul já um nome para substituir o tenente-coronel Waldomiro Centurião do 4º BPM de Ponta Porã.

    ESPECULAÇÃO – Circulam rumores de que o deputado Oswaldo Mochi Júnior, do PMDB, será indicado para compor o Tribunal de Contas do Estado. O PMDB prefere vê-lo disputando à reeleição.
    Se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas nem às coisas.” ALBERT EINSTEIN


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS