Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    21/09/2017

    André vai assumir PMDB e já prepara programa para visitar cidades do MS

    Puccinelli assume o comando regional do partido no dia 3 de novembro

    Ex-governador André Puccinelli assume comando do PMDB no dia 3 de novembro © Arquivo
    O ex-governador André Puccinelli vai assumir o comando regional do PMDB no dia 3 de noevmbro, e já prepara um programa chamado "MS Forte III", com o intuito de visitas as cidades do Estado, para ouvir prefeitos, vereadores e população, visando a campanha de 2018. Ele deve anunciar se vai ser candidato ao governo, no final de novembro.

    Esta informação foi revelada pelos deputados estaduais do PMDB, que disseram que Puccinelli será importante tanto para organizar o partido para eleição, além de ser o principal nome para a sucessão estadual. Paulo Siufi (PMDB) contou que nesta "cruzada" pelos municípios, a intenção é fazer um "raio x" para saber como está a situação do Estado.

    "O partido entende que ele é a melhor opção ao governo, mas ainda estamos na fase de convencimento, o que está certo é que vai assumir o partido e fazer esta cruzada pelo Estado, para ouvir a população e lideranças políticas", disse Siufi.

    O nome "MS Forte III" seria uma continuação dos programas de obras lançados por Puccinelli, na época que era governador de Mato Grosso do Sul. Na primeira edição, no ano de 2011, houve o investimento de R$ 1 bilhão em obras de logística de transporte, saúde, educação, assistência social e habitação.

    Neste ano, dentro do projeto, foi lançado o Aquário do Pantanal, que deveria ter um investimento inicial de R$ 84 milhões, mas ultrapassou os R$ 200 milhões e até hoje não foi concluído.

    Já a segunda edição do "MS Forte" foi lançada em 2013, tendo a intenção de investir R$ 3,6 bilhões, para obras em rodovias, além do setor logístico, e recursos para saúde, educação, como a construção da unidade da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, inaugurada em agosto de 2015.

    Os deputados Márcio Fernandes (PMDB) e Eduardo Rocha (PMDB) acreditam que Puccinelli será importante para organizar o partido para 2018. "Todos as lideranças estão empenhadas em convencê-lo a ser nosso candidato, mas a última palavra será dele", disse Fernandes.

    Fonte: campograndenews
    Por: Leonardo Rocha


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS