Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 28 de agosto de 2017

    TRÊS LAGOAS| Câmara promove sessão para homenagear policiais

    Sessão reuniu autoridades e familiares dos homenageados, enaltecendo heroísmo nas funções 

    © Divulgação
    Num reconhecimento por atos de bravura, atos heroicos e ainda por contribuir com o município, com anos de trabalho e projetos como o Florestinha, a Câmara de Três Lagoas promoveu uma Sessão Solene, no dia 25 de agosto, para a outorga de 26 Moções de Congratulação e dois Títulos de Cidadão Três-lagoense a policiais civis e militares. 

    A solenidade contou com a presença do vice-prefeito, Paulo Salomão, do sub comandante do 2º BPM major PM Enio de Souza Soares, do delegado regional de polícia, Rogerio Fernando Faria, do ex-comandante e atual chefe de gabinete da Prefeitura, o tenente coronel José Aparecido Moraes e dos deputados estaduais Eduardo Rocha, Coronel Davi e João Grandão.

    A sessão foi presidida pelo vereador sargento Rodrigues, propositor das homenagens, que foi secretariado pela vereadora Izabel Cristina e ainda contou com a presença do vereador Luiz Akira.

    Os secretários municipais Maria Célia Medeiros (Educação) e Celso Yamaguti (Meio Ambiente), também acompanharam, na plateia a sessão.

    Receberam as Moções de Congratulação, os seguintes policiais: 
    • 1º Sargento Jucipaulo Queiroz Fernandes (por ato heórico); 
    • Cabo Ricardo Nunes da Silva, soldados Jeferson Rosa Castro dos Santos e Leandro Queiroz Bernardes (por ato de bravura);
    • Terceiro sargento Cícera Alves de Medeiros da Costa (serviços prestados a frente do Projeto Florestinha);
    • Soldado Daniel de Souza Silva (pelo excelente trabalho em defesa dos três-lagoenses);
    • Cabo PM Maurício Rodrigues Bersaneti; Cabo PM João Paulo Pestana; soldado PM Samir de Oliveira Rodrigues os investigadores de polícia Bruno Rafael Portes da Silva, Erik Kazuyoshi Yamaguti e Avelino Rafael Mantovani (pelo excelente trabalho em defesa dos três-lagoenses);
    • Cabos Aristides Alexandre Lopes e Ederson Carlos da Silva; soldados Ronner Gomes dos Santos Clemente (pelo excelente trabalho em defesa dos três-lagoenses);
    • Terceiros sargentos Aldair Rodrigues Coto e Alan Patrick Ramos; Cabo PM Mauricio Correa e soldado PM Jean Santos (pelo excelente serviço prestado em defesa da sociedade três-lagoense).
    • Terceiro sargento Amilson Andrade Marques Cabo PM Maylon Maurildo Siqueira Ramos e soldado PM, Murilo Bruno Palharini (pelo excelente serviços prestados em defesa da sociedade três-lagoense);
    • Soldado PM Farne Cesar Pereira dos Santos (pelo excelente serviço prestado em defesa da sociedade três-lagoense).
    • Os Títulos de Cidadão Três-lagoense foram entregues ao major PM Mauro Sérgio Fernandes e ao sargento PM Valter Caldeira de Souza.
    Discursos

    Ao usar a tribuna, homenageados e autoridades ressaltaram a importância dos títulos e destacaram principalmente, o reconhecimento a uma profissão com tantos desafios.

    O cabo PM R Nunes falou em nome das duas guarnições da Rotai homenageadas com Moções de Congratulação. Ele agradeceu à Deus e as autoridades pela concessão dos títulos, em especial, ao vereador sargento Rodrigues pela propositura da homenagem, frisando que o serviço policial não é fácil. Por isso, cada homenagem é muito importante, e também a esposa e todos os presentes. 

    O sargento PM Andrade disse que foi uma honra representar a todos os policiais, porque considera a Moção recebida, de todos os colegas, uma vez que, todo o trabalho é feito sempre em equipe (cada um contribuindo dentro da sua função) e assim deve ser o mérito, quando há reconhecimento, resumiu.

    O sargento Coto surgiu à tribuna também para falar em nome da guarnição dele.

    Ele citou que há 27 anos é policial militar e definiu o oficio como "viciante e gratificante" e, por vezes estressante. Porém, todos tem a satisfação de trabalhar com comprometimento. E, quando são contemplados com homenagens da Câmara, todos os policiais têm a certeza que o dever foi cumprido, especificamente, de defender a sociedade dos seus algozes.

    O cabo PM Aristides fez questão de dizer que a concessão das Moções e títulos de cidadão três-lagoense foi um momento único, fazendo também um agradecimento especial ao vereador sargento Rodrigues, pois até então não havia ocorrido nenhuma homenagem a policiais, outorgada pelo Plenário da Câmara.

    Falando em nome do Pelotão da Rotai, o soldado PM Daniel de Souza Silva iniciou dizendo do orgulho de ter familiares na sessão, para acompanhar a homenagem.

    O destaque na fala dele foi enfatizar que a homenagem fez um reconhecimento, aqueles policiais que muitas vezes não aparecem, ressaltando que o trabalho policial funciona como numa engrenagem: "se faltar um dente dessa engrenagem o serviço não ocorre". Ao finalizar, o soldado elogiou o trabalho do vereador sargento Rodrigues, que vem fazendo toda diferença.

    Sobre a ação conjunta da PM e Policia Civil, que também mereceu a concessão da Moção de Congratulação, o Cabo Bercanete e o investigador Bruno usaram a tribuna. O PM fez questão de também enaltecer a iniciativa do propósitor da homenagem, dizendo que só quem conhece a realidade e dificuldades da profissão, poderia fazer tal reconhecimento público. "É uma profissão pouco reconhecida e que a imprensa bate tanto encima. Onde um erro sobressai sobre mil acertos. O policial sai para trabalhar e não sabe se volta, mas nem sempre é reconhecido pela sociedade. Os policiais fazem seu serviço com amor, com empenho, muitas vezes, fazendo um algo a mais, para poder trazer tranquilidade para a sociedade, coibindo crimes, salvando vidas. Assim, com essa homenagem o senhor passa a expôr para a população o nosso trabalho, que até, no município, não tinha reconhecimento", enfatizou o Cabo.

    O investigador Bruno também destinou um agradecimento especial ao vereador sargento Rodrigues e ainda citou os colegas presentes, bem como, agradeceu a parceria com os PMS.

    Única policial homenageada, a terceiro sargento Cicera Alves de Medeiros Costa, também teve a oportunidade de falar sobre a homenagem. Ela agradeceu ao esposo e disse que o olhar que o vereador sargento Rodrigues tem pela classe é algo diferenciado. Também parabenizou todos os colegas, afirmando que sempre ora, por todos.

    Os novos cidadãos três lagoenses, outorgados por título, também usaram a tribuna.

    Sargento Valter Caldeira falou dos 16 anos em Três Lagoas, vindo da cidade de Coxim. Aqui, ele teve e criou as três filhas. Há 29 anos na PM, ele fez questão de falar das ocorrências, muitas vezes, embaixo de chuva, no frio.

    Sobre o 2º Batalhão da Polícia Militar, Caldeira ressaltou que trata-se de uma corporação muito ativa, assim como são os colegas policiais civis.

    "Quando vim para cá, o Batalhão me recebeu de braços abertos e presto serviço a Três Lagoas com muito amor e muito carinho", disse Caldeira.

    Ele ainda fez questão de falar do carinho pelos colegas, entre os quais o sargento Rodrigues.

    O colega de profissão e de homenagem major PM Mauro Sergio Fernandes leu um discurso, através do qual falou de gratidão a Deus, a esposa, filhos e aos pais (mãe in memoriam). Ele ainda citou que homenagens são, sobretudo, reconhecimentos. E, não há nada mais gratificante, pois é a aprovação da coletividade de um trabalho bem feito, que, de alguma forma, trouxe melhorias e transformações, na vida das pessoas. Honra e orgulho pela concessão do título, também foram citadas.

    O major falou que acompanhou as transformações ocorridas, no município, lembrou da mudança de nome de Companhia Independente, para Batalhão da PM e também fez questão de dizer que os quatro filhos foram nascidos e criados, em Três Lagoas, a qual definiu, atualmente, como uma potência.

    Finalizando, falou da gratidão pela cidade, pela população e agradeceu de coração a propositura do título, feita pelo amigo, vereador sargento Rodrigues.

    Falando em nome da PM, de Três Lagoas o subcomandante Enio citou a honra de comandar uma tropa tão dedicada frisando ainda neste sentido, a sociedade pode ficar tranquila na preservação dos bens e para criar os filhos.

    A instalação do 2º Batalhão de Polícia Militar, no dia 27 de agosto 1990 também foi citada durante a solenidade. O Batalhão é responsável pelo policiamento em: Água Clara, Selvíria Distrito de Arapuá e Três Lagoas.

    Na oportunidade também foi exibido um vídeo sobre a vida do policial militar.

    Deputados

    Os representantes na Assembleia Legislativa discursaram enaltecendo a homenagem e a bravura os policiais e bombeiros de Três Lagoas. 

    "Faça quantas condecorações fizer. Eu estarei aqui, prestando homenagem a vocês, por defenderem a nossa população. Muito obrigado a todas as corporações. Nós, enquanto legisladores, temos a obrigação de proteger os nossos policiais, muitos por um erro são penalizados e não podem ser penalizados", destacou o deputado Eduardo Rocha.

    Ele ainda agradeceu ao deputado João Grandão pela doação de um carro para a saúde, do município e parabenizou o também deputado, coronel Davi, que já foi comandante geral da Polícia Militar, por ser aquele que mais promoveu policiais, por ato de bravura.

    Elogiando a iniciativa do vereador sargento Rodrigues pela propositura, pois o policial tem uma profissão que nem sempre é reconhecida, mas com certeza uma das profissões que a sociedade mais precisa, para garantir vidas, o deputado coronel Davi, devido a propriedade em falar sobre o ofício fez um longo discurso, destacando os prós e contra da profissão, diante de uma rotina de muitos riscos.

    Davi também fez questão de destacar um número crescente, de registro de reclamações de criminosos contra policiais, na Corregedoria do estado. Ele informou que houve um aumento de 52%, na abertura de procedimentos instaurados contra PMS, durante as audiências de custódias.

    Ele ainda informou que, hoje, enquanto deputado busca garantir que os policiais, militares, civis e bombeiros possam exercer as suas funções, em melhores condições de trabalho, com muita dignidade e a proteção do estado. Falou de projetos que apresentará na Assembleia visando garantir respaldo aos policiais e bombeiros, no exercício das suas funções, ressaltando ainda que todos podem contar com o apoio dele, no Legislativo Estadual.

    O vice-prefeito Paulo Salomão, em nome do prefeito parabenizou a todos pela sessão, pela homenagem e deixou uma mensagem de incentivo. “A luta é diária, mas nós contamos e precisamos muito de vocês e temos também muito orgulho de vocês, contem conosco”, frisou.

    Encerrando as falas, o vereador sargento Rodrigues subiu a tribuna para falar do compromisso, agora na Câmara, pela luta dos policiais e bombeiros, representantes da segurança pública e, em especial, para toda população.

    “Não canso de dizer nesta Casa de Leis que os policiais são verdadeiros heróis. Eu amo ser policial, estou vereador e aqui vou defender sempre vocês”, enfatizou Rodrigues.

    Ele ainda ressaltou que a homenagem, aprovada por todos os vereadores, não é o reconhecimento apenas dos parlamentares, mas sim da população de Três Lagoas. 

    A emoção de entregar os títulos em nome da sociedade, também foi citada pelo vereador. Ele disse que as moções são extensivas a todos os policiais, pois todos são importantes, nas suas funções. “É o mínimo que podemos fazer por vocês que colocam a vida em risco, todos os dias. Fazemos um reconhecimento pelo trabalho de vocês”, frisou. 

    Sobre os homenageados com o Título de Cidadão Três-lagoense, Rodrigues falou com respeito e admiração por aqueles com anos de farda e dedicação a segurança pública local.

    As palavras finais do parlamentar ao encerrar o discurso foram de união de forças, das policiais e bombeiros, por melhorias na questão salarial e condições de trabalho.

    “Independentemente de bandeira política, nós temos que estar ao lado do povo, ao lado da sociedade e desses heróis policiais”, finalizou.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS