Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 17 de agosto de 2017

    Senador Pedro Chaves garante R$ 200 mil para saúde de Itaporã e se compromete em liberar recursos da drenagem do Irmã Daniela

    © Divulgação
    Na ultima terça feira (14/08), prefeito Marcos Pacco (PSDB) esteve no escritório politico do Senador Pedro Chaves em Campo Grande, tratando de assuntos de interesse da população, onde levou ao conhecimento do parlamentar as necessidades em que passa o município.

    Ouvindo o prefeito, o senador se sensibilizou com o quadro que requer ações emergenciais, e se colocou a disposição de Itaporã, afirmando que vai se empenhar para liberar a emenda que falta para a drenagem do Bairro Irmã Daniela.

    O prefeito apresentou ao senador a importância da conclusão desta obra, que finalizada irá resolver significativamente o problema de enchentes no bairro e adjacentes. No mesmo encontro, além dos problemas de infraestrutura, Marcos Pacco expôs ao senador a carência de recursos no setor de saúde, e o senador se comprometeu em colocar uma emenda de R$ 200,0 Mil Reais junto ao governo federal, para ajuda de custo no hospital municipal.

    Drenagem no Irmã Daniela

    Ao assumir o mandato em janeiro de 2017, o prefeito manteve contato com a SUDECO pedindo urgência urgentíssima nos encaminhamentos para que obra de drenagem no bairro Irmã Daniela fosse retomada o mais rápido possível.

    Em resposta, no dia 28 de março deste ano, a SUDECO enviou à Itaporã um engenheiro responsável para fazer vistoria para que a obra pudesse ser retomada.

    Vale lembrar que os recursos na ordem de 1,5 milhões mais a contra partida do município de R$ 337 mil para a construção desta obra, foram conquistados em 2011 durante o mandato de Pacco, através de emendas dos senadores Moka, Delcidio do Amaral e do deputado federal Biffi. O dinheiro para o inicio da drenagem foi liberado em 2014. Durante a execução da primeira etapa, a obra passou por reprogramações que resultaram na alteração do projeto, feito isso, e após a aprovação da documentação inserida no sistema da SUDECO, a prefeitura deveria entrar com pedido de vistoria, algo que não foi feito pela a gestão passada. Este fato culminou com o não repasse da segunda parcela, ocasionando a paralisação da obra.

    Logo que assumiu, o prefeito Marcos Pacco se deparou com o problema, e no dia 05 de Janeiro enviou oficio 02/2017 ao superintende da SUDECO, relatando a dimensão dos transtornos enfrentados pela população, bem como os prejuízos registrados com a paralização.

    O prefeito Marcos Pacco esta concentrando esforços na busca da solução definitiva dos problemas de alagamento, por entender que resolvido o problema do bairro Irma Daniela e adjacências, será resolvido também uma grande parte dos alagamentos no centro, pois, a partir do momento que um grande volume de água não descer para a Lagoa, a água do centro será escoada mais rapidamente.

    “Com a Drenagem escoando rumo ao córrego Sardinha, vamos eliminar o grande volume que desce pela Avenida Jose Chaves da Silva passando em frente ao Auto Posto Gigi até congestionar a Lagoa”. Reiterou Pacco.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS