Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 28 de agosto de 2017

    Senador debate com professores e alunos o novo ensino médio

    © Divulgação
    O senador Professor Pedro Chaves (PSC/MS) participou na tarde desta segunda-feira (28) da audiência pública sobre o novo ensino médio promovida pela Câmara de Vereadores de Sidrolândia. Durante duas horas o parlamentar apresentou e debateu com estudantes e professores os principais pontos da reforma aprovada este ano pelo Congresso Nacional, que começa a ser implantada a partir de 2018 em todo o país.

    Entre as mudanças estabelecidas na nova legislação, da qual Pedro Chaves foi o relator no Senado, estão o fomento ao tempo integral nas escolas do ensino médio, o incentivo às formações técnicas e a flexibilização do currículo, que deixará de ter 13 disciplinas obrigatórias e passará a ter apenas três.

    “É preciso deixar claro que nada vai acontecer de uma hora para outra. A nova legislação será implantada gradativamente, de acordo com a disponibilidade de recursos do governo federal e também dos governos estaduais. Nos próximos 10 anos, por exemplo, o Ministério da Educação vai bancar a implantação do ensino integral nas escolas que estiverem dispostas a receber esse tipo de ensino. Além disso, o calendário das escolas urbanas não será necessariamente igual ao das escolas da zona rural. As diferenças e especificidades de cada região serão respeitadas”, disse o senador, que aproveitou para lançar em Sidrolândia a cartilha que elaborou para esclarecer as dúvidas em relação a nova legislação.

    © Divulgação
    Expectativa – A reforma do ensino médio é aguardada com muita expectativa pelos estudantes. Gabriel Toniazzo, 17 anos, aluno do segundo ano da Escola Estadual Sidrônio, pretende ingressar na área de Ciências Exatas, mas ainda não decidiu a profissão. Já Tânia Marluce Rios, 15 anos, que cursa o primeiro ano no mesmo colégio, que ser engenheira agrônoma.

    “Acredito que as mudanças vão melhorar a qualidade do ensino. Eu, por exemplo, vou escolher matérias relacionadas com a carreira que quero seguir e o ensino integral vai ser muito bom para isso”, avalia.

    Pedro Chaves pretende participar de debates semelhantes em diferentes municípios do estado.
    © Divulgação
    “Vamos levar a cartilha a todas as regiões de Mato Grosso do Sul, conversando e esclarecendo as dúvidas de estudantes, professores, diretores de escola, secretários municipais de educação, enfim, de todos que serão diretamente impactados pela reforma. O novo ensino médio veio para ficar e, apesar da polêmica inicial, não tenho dúvida que ele é fundamental para melhorar significativamente a qualidade da educação no Brasil”, afirmou o senador.

    Investimentos – Antes da audiência, Pedro Chaves se reuniu com vereadores e o prefeito Marcelo de Araújo Áscoli, o Dr. Marcelo, para debater investimentos na cidade. Ele se comprometeu a colocar emendas no Orçamento da União de 2018 para a construção de escolas e o apoio aos trabalhadores rurais. Sidrolândia é o município com maior número de assentamentos de Mato Grosso do Sul. Estima-se que 5 mil famílias vivam hoje nos projetos de reforma agrária existentes no município.
    © Divulgação

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS