Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 16 de agosto de 2017

    Reforma política começa a ser votada em plenário nesta quarta-feira

    A proposta só deveria ir a plenário na semana que vem, mas, em reunião com Rodrigo Maia (DEM-RJ), líderes partidários resolveram antecipar a votação

    © DR
    De olho no calendário apertado para que as regras já passem a valer em 2018, deputados querem levar a PEC (proposta de emenda à Constituição) da reforma política ao plenário da Câmara já nesta quarta-feira (16).

    A votação do texto na comissão especial que analisa o assunto foi concluída nesta terça-feira (15).

    A proposta só deveria ir a plenário na semana que vem, mas, em reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), líderes partidários resolveram antecipar a votação.

    Eles temem que, como o tema é polêmico, não haja tempo suficiente para que a proposta seja votada em dois turnos na Câmara e siga para as duas votações em plenário. Se houver modificações no Senado, é preciso que o texto volte à Câmara.

    Além desta PEC, ainda é preciso levar a plenário a regulamentação de alguns trechos, o que está em discussão em comissão especial nesta tarde, e um outro texto, que trata de fim de coligações e cláusula de desempenho.

    A PEC

    Na semana passada, a comissão havia aprovado a criação de mais um fundo público para financiar candidatos, de R$ 3,6 bilhões, além da mudança do atual modelo de eleição dos deputados para o chamado "distritão", em que são eleitos os mais votados.Nesta terça, deputados rejeitaram de forma simbólica (sem registro nominal de votos) todas as três tentativas de alteração do texto votado na semana passada. Com informações a Folhapress.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS