Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    30/08/2017

    Presidente da Comissão de Saúde realizará audiência pública para debater o atendimento em infectologia em MS

    © Divulgação
    Uma audiência pública será realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, para resolver a crescente demanda e a redução de leitos para o atendimento de pacientes com doenças infectocontagiosas. É o que propôs o Presidente da Comissão de Saúde, o deputado estadual Dr. Paulo Siufi (PMDB), após o presidente da Sociedade de Infectologia de Mato Grosso do Sul (SIMS), Bruno Baptista Monteiro Filardi, usar a Tribuna da Casa de Leis nesta terça-feira (29/08), para informar que há somente 10 leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) disponíveis em Campo Grande para atender os pacientes que precisam de internação, todos no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian. Segundo Filardi, em média, 25 pessoas permanecem internadas de forma improvisada no local.

    "O diagnóstico aumenta a cada dia, mas o número de leitos diminuiu. Havia 14 no Hospital Regional, que foram fechados, e a expectativa era que fossem abertos mais leitos no HU, o que não aconteceu. Por isso, temos essa situação, com sobrecarga inclusive no Pronto Socorro do HU", explicou Doutor Bruno.

    Presidente da Comissão de Saúde da Casa de Leis, Dr. Paulo Siufi marcará audiência pública para resolver o impasse. "Vamos chamar todos os envolvidos, diretoria do hospital, secretário municipal e estadual, os deputados e a Sociedade Brasileira de Infectologia Seccional Mato Grosso do Sul, na pessoa do Doutor Bruno que veio denunciar que esses pacientes estão sendo tratados de forma irregular e indigna, ficando muitas vezes nos corredores de hospitais por falta de leitos, para de forma emergencial realizarmos a abertura de novos leitos para atender a demanda”, afirmou o deputado.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS