Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    18/08/2017

    Prefeito é homenageado em festividades do centenário da Santa Casa

    © Divulgação
    O prefeito Marquinhos Trad foi homenageado na manhã desta sexta-feira (18) pela Santa Casa de Campo Grande com o título de associado honorário. A condecoração foi dada a 80 autoridades, empresas e entidades que de alguma forma ajudaram o hospital a manter suas atividades ao longo desses 100 anos de funcionamento.

    Para o prefeito, a homenagem é o reconhecimento do trabalho que a gestão municipal vem fazendo junto ao hospital. “O reconhecimento expresso da Santa Casa por tudo que a prefeitura tem feito para a manutenção e, sobretudo, para a permanência das portas abertas. Estamos dando o máximo possível dentro de um contexto de responsabilidade, de maturidade e de gestão. Tudo que é possível fazer e que temos condições está sendo feito”, afirmou Marquinhos.

    Inclusive, nesta sexta-feira (18) foi renovado o contrato com a instituição beneficente, no qual a Prefeitura de Campo Grande se compromete a repassar mensalmente mais de R$ 20 milhões pelos serviços de saúde prestados aos campo-grandenses.

    “Estamos honrando contrato. Já foi assinado e está tudo resolvido. O município reconhece a importância do hospital, assim como a Santa Casa reconhece a importância e a necessidade de receber todo mês os mais de R$ 20 milhões que a gente repassa”, disse.

    O secretário Municipal de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, afirmou que todos os repasses estão em dia. “O aditivo foi renovado com o mesmo valor. Esse valor – de mais de R$ 20 milhões – é repassado todos os meses. O desejo da prefeitura é aumentar, mas efetivamente não temos como aumentar neste momento”, explicou.

    Homenageados

    A programação contou com homenagens de outorga da medalha do centenário, entrega de títulos de associados honorários e instituição do memorial “Camilo Boni”. Na oportunidade foi lançado o livro “Santa Casa Patrimônio de Mato Grosso do Sul 1917-2017”, que relata a trajetória do hospital nestes 100 anos de existência.

    O presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento, falou da honra de estar à frente da instituição em data tão importante. “É uma honra para toda a diretoria poder gerir a ABCG-Santa Casa no ano do seu centenário. A história do hospital é uma sucessão de superações de desafios. Juntamente com os conselheiros da instituição e outros associados, cumprimos a missão idealizada em 1917 de prestar atendimento aos pacientes, honrando e dignificando a medicina”, disse.

    Participaram do evento no auditório “Carroceiro Zé Bonito” o deputado federal Darcísio Perondi, o presidente da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas, Edson Rogatti, e o superintendente da CMB, José Luiz Spigolon, entre outras autoridades.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS