Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    04/08/2017

    Policial é atingida por garrafada ao se defender de assédio em tabacaria

    Mulher foi questionar o motivo do ato e jovem, de 20 anos, se aproximou para defender amigo; Vítima foi atingida na cabeça e encaminhada para Santa Casa

    Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro. (Foto: André Bittar)
    Uma policial militar de 28 anos, levou uma garrafada na cabeça, de uma jovem de 20 anos, após se defender de assédio em uma tabacaria que fica na Avenida Noroeste, região central de Campo Grande. Conforme registro policial, a vítima estava saindo do estabelecimento às 4h25 desta sexta-feira (4) e um homem teria passado a mão na sua nádega.

    Ao perceber o assédio, a militar questionou o suspeito sobre o motivo pelo qual ele teria cometido o ato, momento em que a jovem de 20 anos se aproximou e começou a defender o amigo. As duas começaram brigar e a vítima foi atingida por uma garrafa de cerveja na cabeça.

    Segundo o Boletim de Ocorrência, a autora do golpe disse que estava se defendendo porque a policial estava puxando seu cabelo. A briga foi separada por amigos das mesmas que estavam no local.

    O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram na tabacaria. A vítima foi encaminhada para a Santa Casa com um corte na cabeça e a suspeita para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa.

    A militar do assédio ficou como vítima de lesão corporal e autora na vias de fato, e a jovem de 20 anos ficou como vítima de vias de fato e autora de lesão corporal. No registro policial não consta o envolvimento do suspeito de ter cometido o assédio.

    Fonte: campograndenews
    Por: Yarima Mecchi


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS