Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 24 de agosto de 2017

    Pedro Chaves participa do lançamento de obras e da Rota Latino-Americana em Murtinho

    © Divulgação
    O senador Professor Pedro Chaves (PSC/MS) participa nesta sexta-feira (25) do lançamento de obras em Porto Murtinho, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. O parlamentar também estará presente na abertura da 2ª. Expedição da Rota de Integração Latino-Americana, na qual uma comitiva formada por 90 pessoas, entre empresários, transportadores, produtores rurais e jornalistas, vai sair da cidade em 30 caminhonetes para cruzar o Paraguai e a Argentina rumo à Antofogasta, no Chile, no lado oeste da América do Sul.

    “Sou parceiro dos empresários e do governo do estado nessa empreitada”, afirmou Pedro Chaves. “Como membro da Comissão de Relações Exteriores do Senado, tenho mostrado ao governo federal a importância de viabilizarmos os recursos para construir a ponte sobre o Rio Paraguai em Murtinho, obra fundamental para implantarmos, definitivamente, essa alternativa de acesso aos portos chilenos. Com isso, vamos baratear o custo do frete e facilitar o escoamento de tudo o que se produz nas Regiões Norte e Centro-Oeste, além de aumentar a nossa integração comercial, turística e cultural com o Paraguai, o Chile e a Argentina”, explicou o senador.

    Roteiro - A expedição é organizada pelo Setlog/MS (Sindicato dos Transportadores de Cargas e Logística de Mato Grosso do Sul). Com o lema, “Unindo povos, ligando oceanos”, os veículos vão rodar 4.440 km de ida e volta para constatar a viabilidade comercial e logística da chamada rota bi-oceânica como corredor de exportação e importação de produtos entre Mato Grosso do Sul e os países asiáticos, a partir dos portos chilenos de Antofagasta e Iquique, no Oceano Pacífico. A partir de Porto Murtinho, ela passará pelas cidades de Carmelo Peralta, Loma Plata, Mariscal Estigarribia e Assunção, no Paraguai, Tartagal, Salta, San Salvador de Jujuy, na Argentina, San Pedro do Atacama, Iquique, Mejillones, Calama e Antofogasta, no Chile. Na agenda, várias mesas de negócios com autoridades locais para discutir a viabilidade da rota bi-oceânica.

    Segurança e obras - Pedro Chaves vai aproveitar a ida a Murtinho para discutir com o prefeito Derlei Delevatti (PSDB) novos investimentos no município.

    “Já estão confirmados R$ 500 mil para o custeio da saúde e R$ 500 mil para obras de pavimentação e drenagem de várias ruas, além de uma patrulha mecanizada com a qual a prefeitura fará a manutenção das estradas vicinais. Vamos ouvir o prefeito e os vereadores para saber como podemos contribuir ainda mais para a melhoria da qualidade de vida dos murtinhenses”, disse.

    Outra preocupação do senador está relacionada com a segurança na fronteira.

    “Em função dos cortes impostos pelo governo federal no Orçamento da União, foram reduzidas as verbas de custeio das Polícias Federal e Rodoviária Federal. Só neste mês de agosto o contingenciamento chegou a 40 %. Temos que compensar isso mobilizando, quando possível, as Forças Armadas para aumentar o patrulhamento na região, além de tentar restabelecer os recursos da PF e da PRF, que desempenham um trabalho importantíssimo na prevenção e combate ao narcotráfico e o contrabando”, concluiu Chaves.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS