Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    03/08/2017

    Márcio Fernandes abre espaço para o tema Aleitamento Materno na ALMS

    © Divulgação
    Em comemoração a Semana Mundial de Aleitamento Materno, o deputado Marcio Fernandes (PMDB) convidou para usar a tribuna nesta quinta-feira (3) durante sessão na Assembleia Legislativa a representante do Comitê Estadual de Estímulo ao Aleitamento Materno, Camila Zanetti, que falou da importância em criar políticas públicas de incentivo a amamentação.

    Foi destacado por Camila, a importância do leite materno para o bebê e seu desenvolvimento. “É comprovado, a amamentação exclusiva previne a morte infantil, doenças crônicas, como a diabetes, alergias alimentares e ainda estimulam as crianças a serem mais inteligentes”, explica.

    Como defensor da causa, o deputado Marcio Fernandes é autor de leis que apoiam e estimulam o aleitamento, como a Lei 4.576/14, que criou a Semana Estadual de Doação de Leite Humano e a Lei 3.878/08, que amplia para seis meses a licença-maternidade das servidoras da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

    Para o parlamentar, incentivar a amamentação é questão de saúde pública, “A própria Organização Mundial de Saúde, diz que o leite materno é o alimento mais completo até o sexto mês de vida, portanto nós enquanto legislativo, junto ao executivo devemos fazer o que estiver ao nosso alcance para tornar isto possível”, alerta Marcio Fernandes.

    Aldeia

    Baseado num provérbio africano, “É preciso uma aldeia inteira para criar uma criança”, o Aldeia Inteira foi criado em 2012, por Camila Zanetti e Fernanda Gomes de Araújo, advogadas, elas costumam dizer que acima de qualquer outro ofício, são mães, e é esta a razão de terem criado este grupo de mães para trocarem experiências e ajudas que envolvem a maternidade.

    Segundo a Fernanda, a Aldeia é uma maneira de tornar a maternidade mais tranquila e consciente. “Falamos sobre amamentação, volta ao trabalho, sexualidade, puerpério, enfim, todas as questões que envolvem gerar e criar uma criança”, diz.

    Mãe de primeira viagem, Patrícia Alves relata a alegria em participar da Aldeia Inteira. “São muitas dúvidas, mas com elas o caminho fica mais fácil e leve, já presenciei ajudas de como ir até a casa de uma mãe que precisa tomar um banho e não tem ninguém para ficar com o bebê, não tem família na cidade, são coisas simples, mas que fazem a maior diferença, só quem é mãe sabe”, conta aos risos.


    Fonte: ASSECOM
    Por: Wanessa Derzi


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS