Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    10/08/2017

    Homem morre atropelado por ônibus depois de sair da Casa da Mulher

    Testemunhas disseram que vítima estava bastante nervosa e disse que estaria sendo perseguido

    Trânsito no local ficou bloqueado, até a chegada da perícia. (Foto: Anahi Gurgel)
    Homem identificado como Ivan Nemésio Silva, 42 anos, morreu na tarde desta quinta-feira (10), ao se jogar contra um ônibus do transporte coletivo, na esquinas das ruas Brasília com Terezina, bem em frente à Casa da Mulher Brasileira, no Jardim Imá, em Campo Grande.

    Segundo testemunhas, que não preferiram não se identificar, a vítima estava ao lado do ponto de ônibus, quando o veículo parou para apanhar um passageiro. Assim que o motorista arrancou com o veículo, Ivan teria se jogado contra ele. 

    De acordo com o delegado Camilo Kettenhuber, acionado para apurar as circunstâncias da morte, as informações são de que o homem estava bastante transtornado e chegou a registrar um boletim de ocorrência por perseguição.

    "Ele disse que é de Miranda, é que estava sendo perseguido por que lá, foi acusado de violentar sexualmente uma criança. Ele chegou a dizer para as testemunhas que do lado de fora havia várias pessoas fortemente armadas querendo matá-lo, com armamento pesado. Ou seja, o relato envolve uma pessoa transtornada", disse.

    Uma testemunha confirmou esta situação. "Ele estava bastante nervoso, dizia que estava sendo perseguido e ficou preso dentro do banheiro. Tivemos de ajudá-lo a sair pela janela”, disse.

    Tentamos conversar com alguém na Casa da Mulher Brasileira, mas nenhum responsável se prontificou a conceder entrevista. O trânsito no local ficou bloqueado, até a chegada da perícia. Policiais civil e militar estiveram no local.

    Fonte: campograndenews
    Por: Luana Rodrigues e Anahi Gurgel


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS