Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 9 de agosto de 2017

    Governo garante novo tipo de asfalto em rodovias da região Sul do Estado

    O governador Reinaldo Azambuja, durante vistoria de obras de pavimentação asfáltica em Amambai (Foto: Divulgação)
    Mais do que um sonho, uma necessidade urgente. Este é o sentimento da população de Itaporã, Dourados, Amambai, Caarapó e região em relação ao investimento anunciado pelo Governo do Estado na recuperação asfáltica das rodovias MS-379, MS-470, MS-156 e MS-157, todas importantes para o escoamento da produção e interligação dos municípios com as demais cidades do Sul de Mato Grosso do Sul.

    “Vamos reconstruir a ligação asfáltica de Amambai a Caarapó”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja, ao visitar, na manhã desta terça-feira, o canteiro de obras da rodovia MS-156, que interliga as duas cidades da região do Conesul do Estado. Na mesma agenda, já na cidade de Itaporã, vizinha a Dourados, o governador autorizou a ordem de serviço para outra frente de intervenção do Estado na MS-156, com conexão com as MS-379 e MS-470.

    A recuperação do trecho de 74 quilômetros da MS-156, entre Amambai e Caarapó, é uma reivindicação antiga da região, devido a precariedade do pavimento asfáltico. A obra de R$ 53 milhões foi contratada em junho e deverá concluída em no máximo um ano, embora a previsão contratual seja de 18 meses, conforme anunciou o prefeito de Amambai, Ednaldo Luiz, o Doutor Bandeira.


    Governo promete novo tipo de asfalto com tecnologia nova para
     garantir mais durabilidade (Foto: Divulgação)
    Novo tipo de asfalto – Todas as rodovias anunciadas para serem recuperadas cortam regiões produtoras e servem ao tráfego de caminhões pesados, e por conta disso os projetos preveem um modelo novo de asfalto, de solo e cimento para suportar cargas pesadas e ter mais durabilidade.

    “Não estamos restaurando a rodovia MS-156, até pelo seu estado precário”, disse Reinaldo Azambuja, ao visitar a obra, que se inicia em Amambai. “É uma reconstrução, inclusive com tecnologia nova, que garantirá um pavimento de qualidade, mais seguro e com conforto para os usuários”, acrescentou. Segundo ele, o investimento com recursos do Fundersul não só melhora a capacidade do tráfego, mas gera desenvolvimento na região.

    De acordo com o prefeito Ednaldo Luiz, a MS-156 interliga 15 municípios do Conesul e do Sul do Estado. A obra vai empregar mais de 100 trabalhadores da cidade e irá fortalecer a economia do município, o comércio e o setor imobiliário.

    Já o segundo trecho a ser restaurado, também teve a ordem de serviço assinada pelo governador Reinaldo Azambuja, em Itaporã, com 55,10 km na interligação com as rodovias MS-379 e MS-470. Nessa obra, serão investidos R$ 28,447 milhões.

    Fonte: campograndenews
    por: Paulo Nonato de Souza


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS