Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 16 de agosto de 2017

    Em MS, 4.362 contribuintes estão com o CPF irregular por não declarar IR

    Documento fica irregular quando não é feita declaração do Imposto de Renda nos últimos cinco anos (Foto: Divulgação)
    Pendências na declaração do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) resultam em volume acentuado de CPFs (Cadastro de Pessoas Físicas) irregulares em Mato Grosso do Sul. São 4.362 documentos que precisam ser regularizados no Estado de acordo com dados da Receita Federal.

    Segundo o órgão, o problema ocorre quando a pessoa deixa de entregar alguma declaração nos últimos cinco anos. “Para regularizar a situação, o contribuinte deve verificar se deixou de entregar alguma Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) a que estava obrigado”, informou a assessoria da Receita.

    A verificação pode ser feita na “Pesquisa de Situação Fiscal” no site da Receita Federal (clique aqui) ou consultando as condições de obrigatoriedade de entrega da DIRPF no item "Perguntas e Respostas" dos anos em que o contribuinte não entregou essa declaração.

    Segundo a Receita, há dois procedimentos para regularizar a situação, de acordo com a obrigatoriedade ou não. Se o contribuinte tiver deixado de entregar alguma declaração a que estava
    obrigado, a situação será regularizada com a entrega do documento.

    Caso não estava obrigado, o contribuinte deverá fazer o pedido de regularização do CPF em uma agência do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal ou dos Correios.

    Fonte: campograndenews
    por: Osvaldo Júnior


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS