Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 24 de agosto de 2017

    Aécio Neves atua como dono do PSDB, diz Mario Covas Filho

    Para o vereador paulista, partido sofre com "falta de identidade"

    © Ascom
    O presidente do PSDB paulista e vereador, Mario Cova Neto, classifica como "vergonhosa" a abordagem do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em meio à crise iniciada pelo escândalo da JBS. No último domingo (20), o vereador publicou nota criticando a atuação do senador.

    "O partido está com falta de identidade. Isso faz com o que as pessoas comecem a emitir opiniões pessoais, às vezes diferentes da do cara a seu lado", disse o vereador, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

    "Ele [Aécio] está licenciado. Não dá para continuar falando como se fosse o articulador. Não posso conceber que tenha na direção alguém que esteve em egenda extraoficial com o presidente Temer em que o tema sera a substituição do Tasso [Jereissati, presidente interino da lengenda], afirmou ele. "O PSDB não foi criado para ter um dono".

    Para Mario Covas Filho, a situação do senador mineiro é "muito mais grave" do que a dos demais citados na delação do empresário Joesley Batista. "Se ele conseguir demonstrar que não tem nada de errado, ótimo, volte. Não estou brigando com o Aécio, tento traduzir o que parte do PSDB acha. É vergonhoso aceitar na direção alguém pego em uma gravação desse tipo", disse.

    Fonte: NAOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS