Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 29 de agosto de 2017

    A convite do deputado Dr. Paulo Siufi, presidente do Sinpol mostra realidade da Polícia Civil de MS

    © Divulgação
    Durante a sessão plenária desta terça-feira, 29, o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol/MS), Giancarlo Corrêa Miranda, apresentou o videodocumentário “A Realidade da Polícia Civil em MS”. O presidente do Sinpol esteve na Assembleia a convite do deputado Dr. Paulo Siufi, após o parlamentar ter participado do lançamento da obra na sede do Sindicato no dia 18 passado.

    O documentário apresenta imagens e depoimentos de policiais, que estão trabalhando em situação precária nas delegacias de Mato Grosso do Sul, com falta de espaço, de estrutura, de higiene e de segurança. Além de detentos, que deveriam ser encaminhados aos presídios, mas que se acumulam nas delegacias.

    O presidente do Sinpol ressaltou que, com relação aos índices de resolução de casos relacionados ao tráfico de armas, a Polícia Civil e o Estado vão bem. Porém, os mesmos esforços não estão sendo aplicados aos roubos e furtos, por falta de infraestrutura e pessoal. “Nosso sindicato não luta só por salário, mas também para defender a sociedade. Mas para isso, precisamos que o Estado nos ofereça condições para tanto. Os investigadores não deveriam fazer papel de agente penitenciário, trabalhando em desvio de função. Se não for tomada uma atitude da Assembleia Legislativa, do Estado e da União, a Segurança Pública pode entrar em colapso”, salientou.

    Para Giancarlo, o apoio do deputado Dr. Paulo Siufi à causa do Sinpol é de extrema importância. “São poucos os legisladores que defendem o servidor público e a sociedade. Com a ascensão do deputado Dr. Paulo Siufi a esta Casa de Leis, já no primeiro instante pudemos constatar que ele é a favor do servidor público, dos policiais e da população como um todo. Agora a Assembleia tem uma pessoa que representa a nossa sociedade”, disse o presidente do Sinpol.

    Ao usar da palavra, o deputado estadual Dr. Paulo Siufi comentou que se sentiu constrangido nas duas vezes que viu o documentário. “Assisti estarrecido e envergonhado ao documentário sobre a realidade da Polícia Civil em Mato Grosso do Sul. Infelizmente essa realidade tem que ser mostrada, porque nós não temos segurança pública em nosso Estado. Delegacia não é lugar pra preso ficar. Também não é lugar para ter depósito de drogas. Isso é falta de gestão”, afirmou Dr. Paulo Siufi após a exibição do vídeo.

    Em seguida, o deputado declarou estar junto com os policiais civis nessa luta. “Vocês todos são heróis e heroínas. E eu apoio a categoria porque eu quero que vocês me deem a segurança que eu preciso para viver. Eu, minhas filhas e minha esposa, e o povo de Mato Grosso do Sul. É lastimável ver essas imagens”, declarou.

    Ainda durante a sessão, o deputado Dr. Paulo Siufi solicitou uma audiência pública para discutir o assunto com a presença dos setores envolvidos, como Assembleia Legislativa, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Sinpol, Ministérios Públicos Estadual e Federal, entre outros. O parlamentar informou ainda que já entregou documentação ao MPE e ao MPF solicitando providências urgentes.

    Fonte: ASSECOM


    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS