Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 11 de julho de 2017

    TRÊS LAGOAS| Saúde realiza ações de combate ao mosquito e prevenção da dengue nas férias escolares

    Objetivo é prevenir a proliferação de mosquitos nas instalações sanitárias no período em que as escolas estão vazias

    © Divulgação
    A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio das equipes de Promoção de Saúde, vem realizando uma série de ações nas escolas, com o objetivo de eliminar criadouros e prevenir a proliferação do mosquito transmissor da dengue.

    A ação consiste em visitar todas as escolas públicas e particulares e orientar os responsáveis para a prevenção da proliferação dos vetores, principalmente, no período de férias em que a maioria dos prédios fica vazia.

    Junto com as orientações, as equipes estão distribuindo “tampagens¨ de vasos sanitários para evitar que se transformem em criadouros, no período em que não são usados, como explicou o coordenador de Promoção de Saúde, Waldir José de Souza.

    “É um material apropriado, criado pela Secretaria Municipal de Saúde, para manter fechados e isolados os vasos sanitários, no período de férias”, mostrou o coordenador de Promoção de Saúde.
    © Divulgação
    Acompanhado da Agente de Endemias, Lucinete dos Santos Oliveira, ele esteve na tarde desta segunda-feira (10), na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Parque São Carlos.

    “Estamos visitando todas as unidades escolares do Município e visitaremos também todas as escolas estaduais e particulares, porque o mosquito não tem férias e a prevenção não pode parar”, observou Waldir.

    APOIO À SAÚDE

    A equipe da Saúde foi recebida pelo diretor da Escola do Parque São Carlos, Vinicius Belon, que manifestou “total apoio à ação da Saúde para evitar a proliferação de mosquitos”.

    Segundo o diretor da Escola, esta “é uma excelente ação, porque o mosquito não dá folga e todos devem estar envolvidos nessa guerra contra a dengue”.

    Belon informou que toda a equipe escolar do Parque São Carlos, formada por 100 servidores e 1,1 mil alunos, distribuídos nos três períodos (matutino, vespertino e noturno), “irá colaborar, porque está consciente da importância desta prevenção”, observou.

    “Estamos em férias, mas a manutenção é normal e não é interrompida, porque contamos com o continuado trabalho da equipe de Auxiliares de Serviços Diversos (ASD)”, comentou o diretor. 
    © Divulgação

    Fonte: ASSECOM
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS