Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 10 de julho de 2017

    Reinaldo assina contrato do Rally dos Sertões nesta segunda-feira

    Percurso começará em Goiânia e terminará em Bonito

    Governador do Estado, Reinaldo Azambuja, PSDB; (Foto: André Bittar/Arquivo).
    Nesta segunda-feira (10), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), assina o contrato para realização do Rally dos Sertões, que é uma das maiores competições de off Road do mundo. O evento esportivo será realizado de 20 a 26 de agosto.

    A assinatura será realizada na Fundação de Turismo, localizada no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, às 14 horas. Pilotos do Brasil e do mundo vão andar por 3.344 quilômetros de trilhas que começam em Goiânia (GO) e terminam em Bonito. Também farão parte do trajeto, em MS, as cidades de Coxim e Aquidauana. Pilotos de carros, motos, UTVs e quadriciclos participam da competição.

    Além do governador, participam o secretário de Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, o presidente da Fundtur, Bruno Wendling, e o diretor-geral da Dunas Race Promoções (empresa organizadora do Rally), Marcos Moraes.

    Percurso 

    O trajeto prevê que competidores saiam de Goiânia (GO) e passem pelas cidades de Goianésia (GO), Santa Terezinha de Goiás (GO), Aruanã (GO), Barra do Garças (MT), Coxim e Aquidauana, tendo como próximo destino a cidade de Bonito, que será parada final.

    Conforme o governo, o Rally movimenta economia de pelo menos R$ 50 milhões a cada edição. O evento também promove ações sociais com atendimentos de saúde e lazer, por exemplo.

    Entre os serviços oferecidos estão orientação jurídica para mulheres sobre violência doméstica; entrega de óculos de grau para crianças em idade escolar; triagem de saúde da mulher, com coleta de exames e realização de biópsias; cirurgias curativas para lesões iniciais do câncer de colo de útero; triagem de câncer de pele; atendimento odontológico; atendimento pediátrico; e vermifugação de crianças, entre outros.

    Fonte: campograndenews
    Por: Mayara Bueno
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS