Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 21 de julho de 2017

    Prefeitura começa a reparcelar dívidas já renegociadas na Capital

    Central de negociação da prefeitura © Arquivo
    Os contribuintes já podem reparcelar seus débitos com Prefeitura de Campo Grande para pagar em até 48 vezes. Nesta semana, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) sancionou a lei complementar 302, que alterou a legislação tributária para conceder o benefício a quem tem dívidas com o município.

    “Esta é uma medida que atende uma classe de contribuintes que passa por dificuldades financeiras e deixou de pagar seus financiamentos junto ao parcelamento anterior”, explicou Trad.

    Além da vantagem de poder pagar em até 48 vezes, os interessados e quitar débitos ganham 10% na entrada.

    O secretário municipal de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, explica que com frequência servidores que trabalham com a negociação de débitos eram procurados por famílias que tinham herdado dívidas e não tinham como cumprir com o compromisso feito pelo contribuinte falecido, por exemplo. “Esses contribuintes querem regularizar sua situação essa é mais uma oportunidade para que eles quitem seus débitos”.

    Arrecadação 

    Com a medida, a prefeitura espera também aumentar a arrecadação. Com mudança na lei que permite o reparcelamento dívidas já negociadas, a Prefeitura de Campo Grande tenta recuperar parte dos R$ 2,6 bilhões que tem a receber de contribuintes que possuem débitos de tributos com o município, a chamada dívida ativa.

    Esse benefício vale para todos os tributos recolhidos ao município, como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) e outas taxas.

    Serviço 

    O reparcelamento pode ser negociado na central da rua Arthur Jorge, 500, ao lado do Paço Municipal, das 8h às 16h.

    Fonte: campograndenews
    Por: Anahi Zurutuza
    Imprimir

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS